Prefeita de Flexeiras e vereador André da Teo discutem com Banco do Brasil instalação de caixa eletrônico na cidade


Alexandre Câmara

27/07/2016 17h32

Hoje (27) pela manhã, o vereador por Flexeiras André da Teo, se reuniu com a prefeita Silvana Cavalcante  e representantes do Banco o Brasil (BB) na sede da prefeitura. É que há um ano e quatro meses a cidade encontra-se sem caixa eletrônico do BB porque os que existiam foram assaltados e inutilizados por duas vezes. A ideia do banco era ouvir quais as estratégias da prefeitura para garantir a integridade física do novo equipamento. “Nós já nos reunimos anteriormente com a Superintendência Geral do banco para discutir este assunto, e eles acenaram positivamente à implantação do novo caixa. A logística será garantida”, afirmou o vereador.

Nesta quarta-feira o banco encaminhou à Flexeiras o gerente de Administração da Superintendência do  BB em Alagoas, Ronaldo Paranhos, e o assessor de Logística, Helton Andrey, para fazerem uma avaliação do espaço, saber o que a prefeitura propõe para proteger o equipamento, bem como para sugerir as condições necessárias à implantação de um outro terminal.

O espaço destinado ao caixa, por ora vazio, localiza-se dentro da prefeitura, numa sala que compõe a parte externa do prédio. O que garantia a segurança do local era  uma porta de vidro, e havia uma câmera sobre a porta, mas que não foram suficientes para conter a avidez dos ladrões.

 “A prefeitura se compromete a mudar o acesso para dentro da prefeitura, seguindo a sugestão de vocês, e vamos colocar um ponto de circuito fechado de TV. Mas estamos há quase um ano e meio sem caixa eletrônico do Banco do Brasil na cidade. É preciso resolver esse problema o mais rápido possível”, afirmou Silvana.

Na ocasião o vereador André da Teo lembrou que 800 servidores públicos,  citando apenas eles, que recebem pelo Banco do Brasil, hoje têm que se deslocar para Joaquim Gomes ou São Luiz do Quitunde ou para Maceió para receber seus salários. “Isso promove a diminuição de circulação financeira na cidade já que eles terminam consumindo onde recebem; sem contar o risco de fazer viagens intermunicipais com o salário no bolso”, avalia André.

O gerente administrativo do banco, Ronaldo Paranhos, viu a predisposição tanto do vereador em resolver o problema quanto da  prefeita em fazer o necessário para a instalação de um outro terminal, de forma mais segura, que afirmou ser a favor da implantação de um outro caixa na localidade.

Logo após a reunião o vereador André da Teo seguiu com os funcionários do BB para que eles conhecessem as instalações de segurança do município. Agora é guardar a avaliação do setor de segurança do banco acerca do relatório feito hoje pelos técnicos do banco para concluir o andamento do processo. 



Compartilhe
comentários