Diferenças políticas não impedem harmonia na Câmara de Arapiraca


Carlo Bandeira

04/08/2017 13h42

A Câmara de Vereadores de Arapiraca completou sete meses na legislatura de 2017. Começa a se delinear as divisões em grupos distintos pró-Rogério e os pró-governo estadual.Mas  se observa que não influi nos resultados das votações, esta divisão política.Quando a matéria é para o benefício dos arapiraquenses, todos quase são unânimes, nas votações, e sempre ganha a maioria, beneficiando o município.

A votação do REFIZ, que concede descontos de até 100% nas multas e juros, para os contribuintes inadimplentes, foi aprovado por unanimidade, mesmo sendo um projeto elaborado pelo Poder Executivo.Na sessão de terça feira(1º de agosto), tivemos uma mostra da responsabilidade e compromisso dessa turma.

O vereador Sérgio do Sindicato fez um requerimento pedindo ao executivo a relação dos contratados do primeiro, segundo e terceiro escalões. O requerimento foi rejeitado por sete vereadores e aceito por seis. Porém o Pastor Marcos Caetano, que votou a favor, explicou que estes nomes deveriam constar no portal. Já o vereador Sérgio alegou que não estavam no portal da transparência e por isso, solicitou em seu nome a tal relação.

Enquanto não constar no portal, eu, vereador Sérgio do Sindicato irei enviar, direto do meu gabinete as relações de contratados; e o fez.Outro fato que ressaltou ao olhos foi a indicação do Vereador Leo Saturnino, que em requerimento, solicitou, ao governador Renan Filho, a construção de um hospital pediátrico em Arapiraca, o que foi aprovado por unanimidade pela casa legislativa. Destacada foi a postura da presidente da casa, Graça Lisboa, que pediu a palavra e parabenizou o vereador Leo Saturnino pela iniciativa.Em sua justificativa, Léo Saturnino, disse que sugeriu ao subsecretário de Saúde do Estado, Dr. Edberto, que fosse utilizada a estrutura do Hospital Santa Maria, fechado há vários anos.Segundo ele, o próprio subsecretário de Saúde, já determinou um estudo por uma equipe técnica para ver a possibilidade nesse sentido, cujo objetivo, também seria, desafogar o Hospital Regional de Arapiraca(HE).

A indicação do vereador Léo Saturnino, recebeu o apoio do vereador Willomaks da Saúde, que falou da importância de um Hospital Pediátrico em Arapiraca.Terminando a sessão com o agradecimento do Vereador Melquisedec, da tribuna, aos professores que atendeu ao seu pedido de voltarem a sala de aula. Anunciou que os professores atenderam ao pedido feito por ele e seus pares, perfazendo um total de 75%  de professores em sala de aula.Dentro das adversidades políticas se tem a nítida impressão de coesão no que diz respeito aos interessas de Arapiraca, tratados pelos legisladores do Município.Que haja a diferença, porém, o compromisso determina a união por nossa cidade. Que assim seja!



Compartilhe
comentários