É chegada a hora


Marcio Santana

07/12/2018 18h56

 

Finalmente (graças a Deus), chegou a hora da famigerada e preocupante definição que consequentemente trás consigo o fim de toda essa palhaçada eleitoral, transvestida de honestidade e recheada de muita demagogia, mentiras, algumas verdades, muita safadeza, uma dosagem considerável de preconceito, apologia ao ódio e outras mazelas mais. 

Finalmente é chegada a hora de colocarmos em evidencia a clareza das coisas, o raciocínio crucial dos verdadeiros especialistas, de respondermos com muita veemência toda essa safadeza desenfreada e anárquica que assola os nossos olhos e ouvidos. De entendermos que o continuísmo não nos levará a lugar algum senão o que já nos encontramos. 

Vamos acreditar na proposta decente, coerente, lógica, acreditável, e o mais importante, realizável. Basta de ilusões, basta de tapinha nas costas, basta de abraços falsos, no momento o que essa província necessita é de muita vergonha na cara desses “feudais” que devido à fragilidade financeira de muitos se aproveitam, exploram, iludem e no final das contas dão uma banana e fica por isso mesmo. Devemos - diante das desgraças que temos como opções - fazer uma triagem minuciosa e consciente, e aí sim, entender que é justamente a partir desse momento que uma verdadeira diferença poderá ser feita e cobrada. 

Não existe mais espaço para a roubalheira, safadeza, acordos bizarros, desrespeito à constituição, impunidades, conchavos ridículos, cinismo e outras qualificações apropriadas como definição do perfil atual da política brasileira, em especial a daqui de Alagoas. 

O escroto e medíocre voto de protesto que para muitos virou uma “válvula de escape”, certamente deverá mais uma vez ser destaque, principalmente para presidente. No meu entender essa é uma pratica covarde, bisonha e principalmente vergonhosa utilizada por verdadeiros “analfabetos políticos”, anarquistas e idiotas sem noção, que teimam em se esconder atrás de um protesto inimaginável que só serve para ajudar os poderosos.

 



Compartilhe
comentários