Isso é o que penso


Marcio Santana

30/04/2018 18h02

 

Meus amigos - e aí devo imaginar verdadeiros amigos -  gostaria muito que até os intelectuais, que tanto falam da exigência de um tal de “canudo”, ficassem com muita raiva, revoltados, bufando pelos ouvidos ou mesmo cuspindo fogo por estar escrevendo estas mal traçadas linhas. Para mim pouco importa o que vocês acham ou aprovam, mas simplesmente eu não suporto mais ver um “bando” de intelectuais (ou mesmo que acham que são), perdendo tempo falando mal da esquerda ou da direita, ou mesmo elogiando o vampiro.

Entendo que aquele velho ditado que diz que o “pior cego é aquele que não quer ver”,  se encaixa perfeitamente nessa questão, principalmente quando vocês passam a maior parte do tempo elogiando, procurando méritos, divulgando ações populares de seus “padrinhos” em suas colunas, e que na verdade todos nós sabemos que os maravilhosos “representantes” recebem auxilio para todo tipo de coisa, cada gabinete tem uma porrada de assessores, vivem o tempo todo arrumando notas fiscais falsas, vivem passeando de jatinho com a “família”, envolvidos em acordos milionários com empreiteiras, desviam verbas da merenda, dos remédios, da segurança e outras cossitas mais.

Eu preciso entender que vocês, inegáveis, intocáveis, magníficos e acima de tudo intelectuais escravos do capitalismo (pauta do dia), que o mundo de um elemento desses é totalmente diferente do mundo dos mortais (meu mundo). A tal da ignorância política nos presenteia diariamente com mostras de uma estranha forma de inteligência, uma magnífica esperteza para golpes sujos, acordos sujos, conchavos sujos, aí eu pergunto, vocês querem o quê? Ora, esqueçam! Isso que vocês querem nos enfiar de goela abaixo não existe dentro deste meio. 

A minha vida era defendendo o PT, e não conseguia imaginar aqueles grandes ícones do partido envolvidos nos mais diferentes tipos de falcatruas, e não é só no PT, a coisa simplesmente se generalizou por todos os partidos.

Nós, apesar de tudo, temos um pensamento diferente do deles, sabemos que os brasileiros vivem angustiados, com uma cruel sensação de impunidade, que, por sinal, um dia já foi diferente, mesmo sem a ditadura militar, não posso esperar um milagre de uma simples hora para outra. Não temos hoje no Brasil, uma “mídia” poderosa e de credibilidade, que faça por merecer esta minha esperança, que imagino seja a de todos que aqui vivem, mas não custa ter um pouco de esperança na dignidade dos homens. 

Meu Deus, será que vocês não entendem que nada, simplesmente nada, que esses “representantes” tentam e na maioria das vezes conseguem, é tudo em prol deles mesmo? Parece até que o fato de terem toda uma população contra, aumenta ainda mais a sua vontade de fazer mais por eles e menos por nós.

 



Compartilhe
comentários