Torcedor protesta e direção do ASA decidi fechar treinamentos


Márcio Santana

17/05/2017 13h13

O tempo ainda continua fechado no ASA. Na tarde dessa terça-feira no Municipal de Arapiraca, durante o treinamento do grupo sob o comando do técnico Maurílio Silva, alguns integrantes de uma torcida organizada do clube resolveram cobrar, em forma de protesto, uma atitude diferente dos atletas para o próximo jogo contra o Remo.

É lógico e até aceitável que alguns torcedores ainda não conseguiram aceitar aquela humilhante derrota para o CSA por 3 a 0, na rodada de abertura da Série C do Brasileiro, não pelo fato de ter sido para o CSA, mas sim pela qualidade de jogo apresentada naquela ocasião, ou seja, um time apático, descompromissado com a torcida que compareceu em bom número ao Rei Pelé, pela falta de criatividade e principalmente a péssima finalização.

Sentindo-se preocupada com as cobranças dos torcedores, logo após o treino a direção se reuniu e decidiu fechar os treinos a partir desta quarta-feira. Apenas a imprensa será liberada para acompanhar os trabalhos.

A diretoria, ainda nessa terça-feira, oficializou o retorno do volante Kessi, jogador esse, que foi revelado nas divisões de base do clube, e estava disputando o Campeonato Sergipano pelo Lagarto. Outro reforço que deverá ser anunciado nos próximos dias é o meia Rafael, que esteve no elenco alvinegro na Série C do ano passado.

Os preços dos ingressos também foram definidos para o jogo contra o Remo, no próximo sábado, às 16h30, e irão custar R$ 30,00 para qualquer setor do estádio. Mulheres, idosos e estudantes pagam metade do valor.



Compartilhe
comentários