Cultura

O Cheiroso de Alagoas está de volta e agora é prá valer


RAFAELA TENÓRIO
Fonte: Assessoria

11/05/2018 08h55

Esta semana, o Projeto Valores de Nossa Terra irá homenagear José Carlos Santana da Silva, conhecido como “Cheiroso de Alagoas”. Natural de Santana do Ipanema (AL), nasceu no dia 11 de novembro de 1964.

Apesar de fazer parte dos AA (Alcoólicos Anônimos) -  recentemente teve alta da clínica -  Cheiroso diz que vem lutando contra o vício diariamente, que pretende ser referência na recuperação, e vai fazer alguns shows beneficentes, para ajudar amigos que ainda continuam no vício.  “Meu objetivo é voltar os palcos. Estou preparando para minha volta três músicas inéditas, com o apoio do Projeto Valores da Nossa Terra. “Estou de volta e dessa vez o álcool não irá vencer”, garantiu.

Ele começou  em uma emissora de rádio, trabalhou na rádio Globo no Rio de Janeiro, como operador de áudio, quando muitos profissionais do microfone à época faziam questão de trabalhar com ele. Hoje, é o cantor ‘Cheiroso do Brega’, um dos artistas mais conhecidos do interior alagoano. Cheiroso iniciou a carreira artística nos anos de 1980, como compositor de Adelino Nascimento.

Suas principais influências musicais foram Beto Barbosa, Zezé de Camargo e o próprio Adelino.

Segundo Cheiroso, nos anos 80, dividiu o cenário musical com alguns dos maiores nomes da música Popular-Romântica: Bartô Galeno, Genival Santos, Carlos André, Carlos Alexandre, Gretchen, Sandro Becker, Odair José, Fernando Mendes e outros.

Cheiroso de Alagoas já se apresentou acompanhado da banda “Flashbrega”, composta por Ivânio nos Teclados, Miúdo na guitarra e 2 casais de bailarinos.

“Agradeço a toda a minha família pelo o apoio constante, aos médicos que me ajudaram, agradeço à toda imprensa em especial ao Jornal de Arapiraca e ao Projeto Valores da Nossa Terra que me levaram em suas caravanas nas cidades que passaram, finalizou.

“Quem não gosta de brega, bom sujeito não é, ou é ruim da cabeça ou é doente do pé”, parodiando o bregueiro esta é a filosofia de vida e artística do cantor e compositor alagoano Cheiroso de Alagoas.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação


Compartilhe