Entretenimento

Complexo Tarcizo Freire realiza ações voltadas para Dia da Muher


Fonte: Assessoria

09/03/2018 10h37

Para marcar o Dia Internacional da Mulher celebrado na quinta-feira (08), o Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizo Freire e o Anexo l estão realizando durante toda semana ações voltadas ao público feminino.

As homenageadas podem fazer testes de glicemia, aferição de pressão arterial, usufruir de serviços de beleza como corte de cabelo, escova, limpeza de pele, designer de sobrancelhas, manicure, massagem anti-stress, além de atividades corporais e palestras educativas com temas relacionados à mulher.

Na sede da instituição, localizada no bairro Nova Esperança, em Arapiraca, uma exposição do Grupo “Mães Artesãs”, ensaio fotográfico, desfile e uma palestra sobre violência contra a mulher, com a advogada Ana Nunes. Atividades educativas com uma equipe de Enfermagem com apoio do Serviço Social, abordando métodos contraceptivos.

De acordo com o gerente do Complexo, Michel Pereira, a ação é uma maneira singela de falar para cada mulher o quanto ela é especial e merecedora de todo respeito.

Dando seguimento a programação, no Anexo l, do bairro Brasília, a psicóloga Thayane Rodrigues e a enfermeira Adrunyelli Ferreira, abordam os temas “Não a violência contra a Mulher”, e “Saúde da Mulher”.

Além dos testes de glicemia e aferição de pressão arterial, no dia 09 de março, a clínica realiza o dia “D”, com testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C, designer de sobrancelhas, massagem expressa, sorteios de brindes e no final, um delicioso coffee break.

O Dia Internacional da Mulher foi instituído em 8 de março de 1911, para homenagear as 129 operárias que morreram queimadas em uma fábrica de tecidos em Nova York, em 8 de março de 1857. Elas pararam as atividades e reivindicavam melhores condições de trabalho, redução de carga horária de 14 horas para 10 horas e direito à licença maternidade.Além de não serem atendidas, as operárias foram trancadas no local e a fábrica incendiada, fazendo com que todas morressem.

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria


Compartilhe