Entretenimento

Bodas de prata dos Seresteiros será comemorada com cortejo pelas ruas da Pitanguinha


Fonte: Assessoria

02/10/2019 10h29

Os Seresteiros da Pitanguinha estão comemorando suas bodas de prata nesta semana e nada melhor para celebrar a data do que a reativação de uma atividade histórica e de incentivo musical no bairro: Os Seresteiros pelas ruas da Pitanguinha.

Uma ação aberta ao público de Maceió e visitantes, voltado para quem gostar de cantar, tocar e ouvir boas músicas, com ar saudosista, do grupo de amigos que, desde outubro de 1994, saia pelas ruas espalhando amor com seus versos.

“Nós saiamos às ruas da Pitanguinha em toda primeira sexta-feira de cada mês, tivemos alguns anos de pausa e resolvemos retornar agora. Nossa proposta é fazer essa atividade todos os meses, como era tradição. E veio a calhar que a primeira sexta-feira de outubro é exatamente dia 04, a data de aniversário de 25 anos dos Seresteiros”, explicou o diretor musical do grupo, Alfredo Gazzaneo.

A seresta ocorre nesta sexta-feira, dia 04 de outubro, às 19:30 horas, com saída marcada na Praça Seresteiros da Pitanguinha, passando por alguns ruas do bairro e encerrando na sede dos seresteiros, localizada na Rua Ministro Salgado Filho, onde será cantado os parabéns, regado a espumante e bolo.

“Convidamos a todos. Tragam seus instrumentos, suas vozes e principalmente a alegria para celebrar o aniversário deste projeto que se mantém a 25 anos incentivando a arte na música e na cultura. Venham se participar desta data tão importante para os seresteiros, para o bairro da Pitanguinha e para Maceió”, convidou Gazzaneo.

O Grupo Seresteiros da Pitanguinha é uma Organização Cultural, sem fins lucrativos, que já faz parte da história de desenvolvimento do bairro que deu nome ao grupo. Responsável por criar projetos de incentivo à música, como foi o caso do Projeto Jovem Seresteiros, que, entre 2007 e 2009, atendeu 100 jovens estudantes de uma escola pública do bairro. Dessa forma, os adolescentes e as crianças tinham aulas de instrumentos de sopro, como flauta, e de corda, como violão e cavaquinho. Também havia aula de dança e canto.

“Era um trabalho muito bonito, um horário as crianças estavam na escola e no outro horário aprendendo a arte musical. Alguns aprenderam a tocar nos Seresteiros e hoje são músicos profissionais”, ressalta Gazzaneo.

NOVOS PROJETOS

Se depender da animação do grupo, os Seresteiros da Pitanguinha terão mais 25 anos pela frente, ainda mais agora com a proposta de resgatar projetos voltados para a comunidade, com a criação de uma escola de música dos Seresteiros da Pitanguinha, junto ao Maestro Luiz Martins, da Filarmônica de Alagoas. “Esperamos que no próximo ano, 2020, iniciemos nossa escola de música para atender, preferencialmente, os jovens do bairro. Inclusive o maestro Luiz Martins já se propôs a ser o diretor musical do projeto”, comemora Gazzaneo.

SERVIÇO:

25 anos dos Seresteiros da Pitanguinha

DATA: Sexta-feira, dia 04 de outubro

LOCAL: Saindo da Praça dos Seresteiros, no bairro Pitanguinha, em Maceió

HORÁRIO: 19h30_ acesso gratuito

Informações: (82)9.8801-6227. Alfredo Gazzaneo Brandão,

REALIZAÇÃO: Organização Cultural Seresteiros da Pitanguinha. 



Compartilhe