Esportes

"Confio na Justiça e vou provar a inocência da minha filha", afirma Luciano Barbosa


Fonte: Redação Com Diário Arapiraca

12/12/2019 09h41

Um dia após a operação da Polícia Federal que prendeu sua filha Lívia Barbosa e seu genro Pedro Margallo, o vice-governador e secretário de Educação de Alagoas, Luciano Barbosa, concedeu entrevista exclusiva, na manhã desta quinta-feira (12), aos radialistas Isve Cavalcante e Marcos Pontes, que apresentam o programa Show de Notícias, na Rádio 96 FM Arapiraca.

“Ontem foi o dia mais difícil da minha vida. Fui ministro de estado, prefeito de Arapiraca por oito anos, estou nos cargos de vice-governador e secretário de educação há cinco anos, passamos por diversas auditorias e nunca encontraram nada que desabonasse minha conduta”, afirmou.

Bastante emocionado, Luciano Barbosa disse que falou com sua filha ontem, na sede da Polícia Federal, em Maceió. “Eu imaginava o que estava sendo posto naquela situação, mas queria ouvir dela, olho a olho, tudo sobre o assunto. Fiquei ainda mais tranquilo, confio na justiça e, quando a poeira baixar, vamos provar a inocência dela”, acrescentou.

Ainda sobre o encontro com a filha, Barbosa relatou que Lívia Barbosa, que é cirurgiã bucomaxilofacial, solicitou que seja feita uma auditoria completa em todo o trabalho com os pacientes. “Ela quer que sejam procuradas todas as pessoas que fizeram cirurgia e desafiou alguém provar o contrário”, emendou.

Coisas da política

Indagado sobre os reais motivos da operação que prendeu sua filha e o genro Pedro Margallo, o vice-governador Luciano Barbosa afirmou não aceita o que ele chamou de ‘caça às bruxas’.

 “Se alguém pensava em me fragilizar, conseguiu momentaneamente, porque atingiu minha família. Mas não me dobro contra o ódio e a inveja. Nos tempos atuais, os órgãos de fiscalização não podem ser usados como polícia política e ideológica. Mas confio na justiça, que, em algumas ocasiões, é induzida ao erro”, observou Luciano Barbosa.

Na entrevista, sem citar nomes, Barbosa disse que, na política, há pessoas que fazem tudo pelo poder.

“No meu caso, não. O governador Renan Filho tem realizado um grande trabalho e isso tem causado muita admiração, por parte de muitos, mas também inveja por outros. A denúncia é uma peça frágil. Vamos provar a inocência da minha filha, porque os recursos públicos sempre existiram, mas não eram aplicados corretamente. Vamos seguir trabalhando, de cabeça erguida, e fazendo o melhor por Arapiraca e pelo estado de Alagoas”, completou Luciano Barbosa



Compartilhe