Justiça

TJ julga manutenção de prisão do prefeito de Maribondo nesta terça (5)


Fonte: Assessoria

05/09/2017 08h44

O Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) julga, nesta terça-feira (5), o pedido de manutenção da prisão preventiva contra o prefeito do município de Maribondo, Leopoldo César Amorim Pedrosa, acusado de agredir a esposa e a sogra. A sessão está prevista para começar às 9h.

O processo tem como relator o desembargador João Luiz Azevedo Lessa. Em junho, o presidente do Tribunal, Otávio Leão Praxedes, determinou a prisão do gestor municipal, acatando pedido de delegado da polícia civil, ratificado pelo procurador geral da Justiça.

Os desembargadores também decidirão se recebem a denúncia oferecida pelo Ministério Público, que acusa o prefeito de lesão corporal contra sua esposa por duas vezes, e lesão corporal e ameaça contra a sogra. A denúncia pede a condenação do acusado ao final do processo, tendo como efeito secundário a perda de quaisquer cargos públicos ocupados.

A esposa de Leopoldo, Meiry Emanuella Oliveira Vasconcelos, e a sogra, Rosineide de Oliveira Vasconcelos, afirmam terem sido vítimas de agressões físicas e psicológicas por parte do acusado, em 21 de junho deste ano. As agressões foram corroboradas por exames de corpo de delito.



Compartilhe