Nacional

Chuvas causam prejuízos, mas também alegria aos sertanejos


Fonte: Tribuna Independente / Lucas França

06/12/2018 14h04

Uma chuva de 24,6 milímetros registrada no Sertão, e cerca de 44,1 milímetros no Sertão do São Francisco, na terça-feira (4), trouxe alegrias para os sertanejos, mas também causou prejuízos à população. Casas foram invadidas pelas águas no povoado Impoeiras de Baixo, em Pão de Açúcar, e em Delmiro Gouveia algumas ruas ficaram alagadas. Foram registradas até chuvas de granizo.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram fortes chuvas que caíram em alguns municípios do Sertão alagoano. Em um dos vídeos um morador de Delmiro Gouveia mostrou uma quantidade de granizo que teria caído na cidade. Em outro vídeo, moradores relatam a quantidade de chuva e muitos ficaram com medo. “Olha a quantidade de pedra de gelo no jardim. A coisa ‘tá’ feia”, comenta o morador.

Foram registradas também chuvas nos municípios de Belo Monte, Jaramataia, Batalha e Jacaré dos Homens. Nesses a informação é que ficaram sem energia elétrica por algumas horas, a partir do final da tarde da última terça-feira. Há relato que ainda ontem (5) a internet em algumas cidades também não estava funcionando.

O jornalista Fagno Pinto disse que o Sertão alagoano viveu entre a tarde e noite momentos que poderiam ter causado uma tragédia.

“Mas os efeitos foram minimizados. Foram 10 dias de muito calor e clima abafado. Na terça, tivemos 36 graus de termômetro com a sensação térmica de 42 graus em Pão de Açúcar. A chuva foi intensa nessa região. Aqui houve relato que até uma casa caiu. Em toda região foram registrados raios, houve queda de energia em várias cidades. Hoje [ontem], os telefones celulares não estavam funcionando. Semana passada foi registrada uma chuva, mas não com essa intensidade. Mesmo com a chuva intensa desta semana que trouxe prejuízos, estamos felizes porque também trouxe benefícios. Encheram as barragens e vários reservatórios. Eu mesmo fiz o registro do temporal”, relata Fagno.

De acordo com a Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), os dados do volume de chuva registrado no Sertão e no Sertão do São Francisco foram mais da metade previstos para o mês de dezembro.

Segundo a coleta de dados dos pluviômetros digitais, as cidades localizadas no Sertão tiveram cerca de 24,6 milímetros de chuva, o esperado para o mês de dezembro era de 35mm. No Sertão do São Francisco, choveu cerca de 44,1 milímetros e o esperado era de 35mm.

As cidades de Major Isidoro, Pão de Açúcar e Piranhas registraram um maior volume de chuva em 24 horas. Nessas cidades, o monitoramento apontou 55 milímetros.

O município de Delmiro Gouveia também registrou um volume maior de chuva nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, com  41,8mm e o esperado para o mês era de 35mm. A Sala de Alerta também considera a formação de granizo entre 19h e 20h em Delmiro Gouveia, na noite de terça-feira.

Fenômeno é comum na região, destaca meteorologista

 

O meteorologista da Semarh, Vinícius Pinho, explica a motivação desse fenômeno no semiárido alagoano. “A zona de convergência do Atlântico Sul, que é uma banda de nebulosidade está atuando desde o Norte do país, se estendendo até o oceano. Há também o sistema de Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, o chamado Vcan, que está posicionado próximo à costa de Alagoas. A junção desses dois fatores ocasiona a formação de nuvens carregadas, o que justifica a ocorrência de granizo”.

O meteorologista conta que não é tão incomum acontecer esse tipo de chuva no Sertão. “São popularmente conhecidas como trovoadas. Acontecem normalmente entre dezembro e janeiro. Não é comum ter granizo no Sertão, mas também não é algo inédito. O granizo se forma geralmente em um tipo de nuvem especifico chamada de cumulunimbus, que eram as nuvens associadas a esse evento. Ano passado tivemos um registro, mas normalmente o granizo que cai aqui, é em pequena quantidade e com pedras muito pequenas. Porque a grande maioria das pedras de gelo derrete antes de atingir o solo”, explica.

A previsão da Sala de Alerta aponta chuvas fracas para os próximos dias em alguns pontos da região do Sertão e Sertão do São Francisco. “Deve ter sol na maior parte do tempo nos próximos dias”.



Compartilhe