Polícia

Com Luciano Barbosa no Progressista, muda o cenário político em Arapiraca com vistas às eleições 2022


Roberto Gonçalves
Fonte: Jornal de Arapiraca

29/07/2021 05h00

A filiação do prefeito Luciano Barbosa (MDB) ao Progressistas já é considerada como certa em todos os segmentos políticos do estado. O fato novo fortalece o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, principal articulador da legenda em Alagoas.

Outro fato político marcante com reflexos em Alagoas e Arapiraca é a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Progressistas, o partido ganhará uma série de novos filiados que irão para a legenda para agradar ao presidente que a cada dia vem sofrendo sério desgaste, perdendo popularidade e apoio popular com os movimentos de protestos em todas as capitais e grandes cidades do País

Entre os aliados do presidente Bolsonaro e possível filiado ao Progressistas está incluído o senador Fernando Collor, atualmente filiado ao (Pros). Collor disputa a única vaga para o Senado no Estado, com o governador Renan Filho (MDB) que de acordo com pesquisas recentemente realizadas e divulgadas está muito bem posicionado no seu projeto político para o Senado em 2022.

Sinal verde de Luciano Barbosa para ingressar no Progressista

O sinal verde de Luciano Barbosa para ingressar no Progressista foi sua participação, com destaque, de um evento político no último dia (23), em Maceió, com o presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira. No encontro, estiveram reunidos cerca de 40 prefeitos alagoanos para discutir, entre outros assuntos, as eleições de 2022, pelo Progressistas em Alagoas.

Compondo a mesa de honra no evento político, além de deputados estaduais e outros prefeitos, estava Luciano Barbosa. A participação sinaliza que o prefeito de Arapiraca, segundo colégio eleitoral do estado, será peça fundamental nas articulações para as composições do próximo pleito de 2022. A expectativa é que, como outras lideranças políticas do Estado, Barbosa deixe o MDB liderado pelo senador Renan Calheiros e pelo governador Renan Filho  migre para o Progressistas de Arthur Lira.

O que chamou atenção, porém, foi que apesar de ter cadeira cativa na mesa de honra e registro feito nas redes sociais da maioria dos políticos presentes, Luciano Barbosa preferiu não fazer o mesmo e deixou de fora das suas páginas pessoais a reunião ao lado de Arthur Lira e do presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Victor (Solidariedade). Para quem ainda tinha dúvidas sobre em qual grupo político Luciano Barbosa ficará, a resposta já está bastante evidenciada.

Quem deverá seguir Luciano Barbosa no Progressista

No novo espaço político no Progressista em Arapiraca devem acompanhar Luciano Barbosa, os seus principais integrantes da sua “Tropa de choque” a exemplo de Vytor Ferro, Yale Fernandes, Josenildo Souza, atual superintendente da SMTT, Josivan Vital. Além dos vereadores que integram sua base de sustentação política na Câmara Municipal, composto por 10 dos 19 vereadores e o deputado estadual Tarcizo Freire e o filho vereador Túlio Freire ambos filiados ao PP.

A ex-prefeita Célia Rocha, aliada do senador Fernando Collor é outra peça importante no grupo Progressista. Resta saber a posição política do deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB), aliado do governador Renan Filho e que tem a irmã Ruth Nezinho vice-prefeita de Luciano Barbosa e filiada ao PL. O vereador Rogério Nezinho (MDB), o mais votado nas eleições de 2020, deve seguir o irmão, Ricardo Nezinho, e permanecer com o governo Renan Filho. 

Já o deputado federal Severino Pessoa, que vai para a reeleição (Republicanos), está muito prestigiado com o governador Renan Filho, podendo ser melhor contemplado em espaços no governo. O parlamentar conta com a secretaria de Estado de Desenvolvimento Social ocupado pela esposa, a ex-prefeita Fabiana Pessoa, que poderá disputar uma das 27 vagas na ALE em 2022.



Compartilhe