Polícia

Polícia Civil prende acusado de matar frentista na véspera de Natal em Arapiraca


Fonte: Redação com Assessoria PC/AL

20/01/2022 18h05

O delegado Filipe Caldas da Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA), informou que a Polícia Civil prendeu, na tarde desta quarta-feira (19), o homem acusado de ter matado o frentista David Wesley Rodrigues, de 24 anos, em um posto de combustíveis no município.

O crime foi praticado no bairro Ouro Preto, em Arapiraca, no dia 23 de dezembro de 2021. O acusado foi localizado nas proximidades da cidade de Garanhuns, no interior pernambucano, após duas semanas de diligências.

A prisão do acusado, de 34 anos, foi realizada por policiais civis em uma operação conjunta da Delegacia de Homicídios de Arapiraca, Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), coordenados pelos delegados Filipe Caldas e Gustavo Xavier, da Polícia Civil de Alagoas e equipe Malhas da Lei da 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns, sob comando do delegado Marcos Omena, da PC de Pernambuco.

O delegado Filipe Caldas disse que a DHA, após os levantamentos de local de crime e oitivas de testemunhas, com reconhecimento do autor, bem como pelas filmagens do posto de combustíveis, representou pela prisão preventiva do homicida.
“Apesar de ter se apresentado com advogado poucos dias após o homicídio, a fim de evitar a prisão em flagrante, estava desde então foragido. Como o crime ocorreu na véspera de Natal, com Poder Judiciário em recesso, sob regime de plantão, o advogado apresentou o cliente sabendo que não havia mais situação de Flagrante e que não houvera tempo hábil para expedição de mandado de prisão preventiva, entre o Natal e o Ano Novo, quando as diligências investigativas estavam se iniciando”, informou Filipe Caldas.

O delegado revelou que apesar de ter confessado o crime, o acusado não foi localizado nos endereços informados em seu interrogatório e nem se apresentou após contato com seu advogado, para cumprimento do mandado judicial de prisão preventiva, ficando na condição de foragido.

O preso está sendo conduzido para a Delegacia Seccional de Garanhuns e posteriormente para a Central de Flagrantes de Maceió. 



Compartilhe