Polícia

Assassino


Redação
Fonte: Todo Segundo

25/08/2017 16h51

Um fato novo pode agravar ainda maias a situação de Cícero Pereira dos Santos, mais conhecido como “Carne Crua”, que preso no município de Bom Conselho (PE), após ter confessado o assassinato de Manoel de Melo Júnior, a travesti conhecida como “Mary Montilla", 26 anos, em Palmeira dos Índios.

Segundo a Polícia Civil, “Carne Crua” pode ter envolvimento na morte Jackson Júnior Paiva de Araújo, 24 anos, portador de problemas mentais que foi morto após ser brutalmente espancado, em abril deste ano na Avenida Vieira de Brito, no bairro Vila Maria, no município.

A reportagem manteve contato com o delegado regional de Palmeira dos Índios, Alexandre Leite, que confirmou a suspeita. Segundo ele, o caso ainda está sob investigação. Cícero Pereira dos Santos continua preso na cadeia pública de Bom Conselho, no Estado de Pernambuco.

Manoel de Melo Júnior foi encontrado morto, com vários golpes de faca na região do pescoço, nas proximidades de um bar no bairro São Cristóvão no dia dois passado, após discutir com Cicero Pereira dos Santos.

O Caso Jackson
Jackson Júnior Paiva de Araújo foi espancado na madrugada do dia três de abril, na Avenida Vieira de Brito, no bairro Vila Maria. Ele foi socorrido para Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do município, mas devido à gravidade dos ferimentos, teve que ser transferido para o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. Com um quadro grave de traumatismo craniano, a vítima não resistiu e veio a óbito no dia 07 de abril.

A mãe da vítima, Josefa Cleide Paiva de Araújo procurou a redação do Todo Segundo no dia 13 de julho, para fazer um apelo para que a polícia possa fazer justiça e realizar a prisão dos assassinos do seu filho. Com a prisão de “Carne Crua” e os desdobramentos das investigações da Polícia Civil, o caso posso vir a ser elucidado.

Jackson Júnior Paiva de Araújo. Foto: Arquivo pessoal
Travesti Mary Montilla. Foto: Arquivo pessoal


Compartilhe