Polícia

Homem que tentou matar mulher em Aracaju é suspeito de matar 48 pessoas


Fonte: A Tarde

30/08/2017 10h29

Preso em flagrante na cidade de Aracaju (SE) pela tentativa de assassinato de uma mulher em um bar no centro da cidade, no sábado (26), um homem de 22 anos é suspeito de matar 48 pessoas, segundo a polícia.

Leone Santos Costa confessou a tentativa de homicídio cometida no fim de semana e ainda revelou que possui um histórico de crimes na cidade de Feira de Santana (BA), segundo revelou à imprensa o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios da cidade baiana, onde há 20 inquéritos contra o suspeito.

O delegado declarou que o homem é líder de uma facção criminosa em Feira, e é conhecido como "Leone do Pânico" ou "Leone do Pela Porco". Em um baralho fictício criado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), para divulgar as identidades dos criminosos procurados pela polícia, Leone é considerado o "Rei de Copas do Baralho do Crime".

"Ele já estava sendo procurado há muito tempo pela polícia e foi se esconder em Aracaju. Ao sabermos disso, entramos em contato com a polícia de lá e passamos a ficha dele", informou o delegado.

Com a prisão do homicida, o número de mortes violentas praticadas pelo crime organizado em Feira de Santana deve diminuir. "Eu acredito que vai diminuir, mesmo com o risco de que outros integrantes do grupo que ele atuava assumam o comando e continuem cometendo crimes. Mas a polícia já está atenta a isso", afirmou.

Até essa terça (29), Leone continuava preso em Aracaju. Caberá à Justiça decidir sobre a transferência para Feira de Santana.

Prisão em Aracaju

Leone foi preso em flagrante na madrugada do sábado, 26, na cidade de Aracaju (SE), após uma tentativa de homicídio. Ele atirou contra uma mulher, que estava em um bar, e em um segurança. Na tentativa de fuga, a população ateou fogo no carro do suspeito e acionou a polícia, que fez um cerco e conseguiu prendê-lo.



Compartilhe