Polícia

Durante missa em Craíbas, família de Neguinho recebe solidariedade


Carlo Bandeira
Fonte: Redação

24/11/2017 11h21

Após o assassinato do vereador Adelmo Rodrigues de Mello, o Neguinho Boiadeiro, ocorrido na cidade de Batalha, e quando houve acusações no calor do momento, uma semana depois não se escuta mais nada. Tanto a família quanto os responsáveis pelas investigações, aguardam na discrição a elucidação desse crime.

 O silêncio se pronuncia. O pedido é sempre para que se aguarde o desenrolar das investigações, para, então, Boiadeiros, Polícia e Ministério Público Estadual conheçam o resultado no final do inquérito.

Uma semana depois, foi comovente a celebração da missa pela passagem do sétimo dia do falecimento de Adelmo Rodrigues de Melo, o Neguinho Boiadeiro, morto na cidade onde era vereador, em  Batalha.

A viúva, a filha e a mãe de Neguinho Boiadeiro estavam, juntamente com os familiares e amigos, consternados e muito abalados, ainda. Sem nenhuma declaração sobre o crime que vitimou seu pai, a filha Bahia Boiadeiro externou o sentimento de toda a família indicando uma faixa, aberta ao final da missa, com os dizeres; “Queremos Justiça”.

Dentro da Igreja, observou-se o silêncio, a consternação e muita solidariedade, confirmada por sua filha Bahia. “Eu já sabia que meu pai era muito querido pela população de Batalha, mas não imaginava que era tanto assim”, falou, admirada.

As demonstrações de carinho e respeito são confirmadas por caravanas de admiradores do vereador, que foram de Batalha com a imagem do Neguinho Boiadeiro estampada em suas camisas.

Um pouco antes da missa, o site Arapiraca News entrou em contato com outro filho do vereador, o Preto Boiadeiro, e ele nos falou, via whatsapp, que o único sentimento da família se resumia em que a Justiça desvende e revele os verdadeiros culpados, e que  sejam julgados, condenados e presos.

A família do sr, José, que foi de Batalha, afirmou que o vereador era muito querido pela população daquele município, e que foi para o enterro também, e agora presta essa homenagem, aqui em Craíbas. “A gente não entende como isso foi acontecer logo com o Neguinho, uma pessoa pacífica e um homem que sempre ajudou aos mais necessitados”.

A missa foi celebrada na Igreja do Nosso Senhor do Bom Pastor, na COHAB, em Craíbas com as presenças femininas da família Boiadeiro, e alguns tios e sobrinhos do vereador Neguinho Boiadeiro.



Compartilhe