Polícia

'Agora preto não pode andar de táxi', diz Rafaela Silva após abuso policial


Fonte: uOL

27/02/2018 23h23

SÃO PAULO

Campeã mundial de judô em 2013 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, Rafaela Silva relatou ter sido vítima de preconceito nesta quinta-feira (22), no Rio.

A judoca afirma que foi parada por um policial ao pedir um táxi no aeroporto. Segundo ela, o homem só entrou na viatura e foi embora depois de perguntar ao taxista se ele a havia “pegado na favela”.

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2018/02/preto-nao-pode-andar-de-taxi-diz-rafaela-silva-apos-abuso-policial.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.



Compartilhe