Polícia

Morte de professora e militante provoca caçada a assassino no interior de AL


Fonte: Com Alagoas 24 horas

05/03/2018 11h34

O assassinato de uma professora, que também militava pelos direitos das mulheres, está mobilizando polícias e entidades dos direitos civis na zona da mata do Estado. O crime ocorreu no último sábado (3), no Centro de Viçosa, cidade a 96 quilômetros da capital. A professora Cenira Angélica Ventura da Silva foi assassinada com mais de 20 golpes de arma branca.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, identificado como José Ricardo, que fugiu do local. Segundo relato de testemunhas, a vítima foi arrastada de dentro da sua residência, nua, e morta com vários golpes na região do pescoço.

O brutal assassinato de Cenira provocou a reação imediata de familiares e amigos, que começaram uma campanha nas mídias sociais para localizar o suspeito. O Coletivo de Mulheres do Partido dos Trabalhadores em Alagoas emitiu nota oficial cobrando a prisão do culpado e a elucidação do crime.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do agressor pode informar pelo telefone 181. Não é necessário se identificar.



Compartilhe