Polícia

Delegada é convocada para prestar esclarecimento ao Conseg sobre caso Roberta Dias


Fonte: cadaminuto

08/05/2018 10h15

A delegada Maria Angelita foi convocada pelo Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) para prestar esclarecimentos sobre as investigações seguidas no inquérito policial sobre a morte da jovem Roberta Dias, que desapareceu na cidade de Penedo em 2012. A convocação ocorreu depois que a investigação foi contestada diante do vazamento de um áudio, que não provocou a prisão dos acusados.

De acordo com o vice-presidente do Conseg, Antônio Gouveia, o colegiado irá apurar todas as circunstâncias apresentadas, dando o amplo direito de defesa, mas que é necessário se esclarecer porque o áudio não foi considerado dentro do processo.

O caso voltou à tona após o vazamento de áudios com detalhes sobre o desaparecimento e assassinato da jovem, que foi vista pela última vez em 2012. Nele, que tem quase 20 minutos de duração, o suposto assassino diz que enforcou Roberta com um fio dentro de um veículo, e confirma que foi convencido a cometer o crime pelo pai do bebê.

O Sindicato de Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) também questionou o processo de investigação e apontou que mesmo a Polícia Federal ter concluído a perícia de quem o que o áudio era inimputável, e sem edições, e que mesmo assim as informações contidas nele não foram averiguadas.

Mesmo seis após a morte da jovem, os delegados que compõe  a comissão de investigação afirmaram que o inquérito será concluído em 40 dias. A delegada ainda não se pronunciou sobre o caso.

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Alagoas (Adepol) informou que ainda não foi comunicada oficialmente da convocação da delegada Maria Angelita e que não iria comentar sobre a possível "rixa" entre os delegados.  



Compartilhe