Polícia

Acusado de tentativa de homicídio e tortura é condenado em Penedo


Fonte: Assessoria

07/06/2018 11h12

O réu Edvânio Rodrigues da Silva foi condenado a 12 anos de reclusão por tentar matar Bruno Alberto dos Santos e torturar Edijânio da Cruz, na cidade de Penedo. O júri ocorreu nessa quarta-feira (6), no Fórum da Comarca, e foi conduzido pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva. De acordo com a sentença, o réu poderá apelar em liberdade.

Os crimes ocorreram em julho de 2013, no bairro de Santa Luzia, em Penedo. Segundo a denúncia, Edvânio, acompanhado de Cássia Cristina Araújo Silva e Rosimeire Pinheiro Santos, invadiu a residência de Edjânio da Cruz e o agrediu com coronhadas na cabeça. A vítima também teve uma faca colocada no pescoço. Os réus queriam que Edjânio confirmasse a informação de que Bruno teria sido o autor de um furto na casa de Rosimeire.

Depois da tortura, o acusado se dirigiu à casa de Bruno e efetuou disparos contra ele. As rés Cássia Araújo e Rosimeire Santos não foram julgadas com Edvânio porque o processo foi desmembrado.



Compartilhe