Polícia

Polícia Civil mobiliza Deic para investigar ataque criminoso a ônibus em Maceió


Fonte: Redação com Gazetaweb.com

03/12/2018 17h07

A equipe da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) foi designada pela delegacia-geral da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) para investigar o incêndio ao ônibus urbano no Clima Bom, na parte alta de Maceió, ocorrido nesse fim de semana.

O ataque criminosos ocorreu no mesmo dia em que os agentes do Sistema Prisional de Alagoas decidiram suspender a visita de familiares nas unidades prisionais do estado. Oficialmente, a polícia não confirma a ligação entre a paralisação e o crime. 

Segundo a polícia, testemunhas relataram que vândalos se aproximaram do coletivo, que estava parado em uma das ruas da localidade do Clima Bom, e derramaram uma substância líquida. Em seguida, atearam fogo e saíram correndo.

Rapidamente, as chamas se alastraram e o veículo ficou completamente destruído. Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para o combate e para afastar o risco de explosões Equipes da Polícia Militar realizaram rondas na região, mas nenhum suspeito responsável pelo crime foi identificado ou preso pelos militares. 

Por causa do incêndio, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), em acordo com as empresas, suspendeu, durante o fim de semana, as viagens dos ônibus que fazem o corujão na capital, serviço que será retomado nesta segunda-feira (3).

Também como medida de segurança, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros (Sinturb) resolveu que os ônibus que faziam a mesma linha, na noite deste sábado, encerrassem o trajeto no Osman Loureiro.

Ninguém ficou ferido, mas a ocorrência acendeu alerta na Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), que determinou início da investigação no mesmo dia. 

Nota da SSP/AL

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas informa que logo após o ataque a um ônibus no bairro do Clima Bom, no último sábado (01), mobilizou suas forças de segurança no sentido de garantir a tranquilidade da população da capital. 

O Grupamento Aéreo vem realizando patrulhamento e colaborando com o trabalho de vários batalhões. A Polícia Militar também vem executado ações para garantir a segurança de passageiros e rodoviários nos terminais de ônibus da cidade. 

O trabalho também envolve as agências de Inteligência das corporações e do sistema prisional. A Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, foi designada e vai investigar o ocorrido. A SSP segue realizando ações integradas para evitar outros ataques, bem como está trabalhando para prender todos os envolvidos no episódio criminoso.



Compartilhe