Polícia

Assassinato de filho de secretário de Arapiraca começa a ser investigado


Fonte: Redação com Já é Notícia

03/01/2020 14h03

A polícia começou a tomar depoimentos de amigos do jovem Hudson Marques Melanias, de 25 anos, para apurar o caso. O filho do secretário de Educação da Prefeitura de Arapiraca, Janeo Melanias, estava desaparecido desde sábado (28) e foi encontrado morto na segunda-feira no povoado Sapé, zona rural da cidade de São Sebastião, Agreste de Alagoas.



O delegado-geral Paulo Cerqueira designou os delegados Guilherme Iusten, da regional de Arapiraca; Everton Gonçalves, de Homicídios de Arapiraca; Renivaldo Batista, de São Sebastião; e Gustavo Xavier, de Penedo. A comissão será presidida pelo delegado Iusten.

A principal meta do grupo designado é descobrir quem matou o jovem e por qual motivo

Hudson era estudante e estava desaparecido há dias. O corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca na última segunda, dia 30 de dezembro e foi identificado nesta quinta-feira (02). O corpo foi reconhecido pela família e liberado para sepultamento nesta tarde, no Cemitério Pio XII.

O jovem encontrado degolado e parcialmente despido. Vídeos e fotos de Hudson bebendo com algumas pessoas estão circulando nas redes sociais, mas ainda não há informações oficiais de suspeitos e da causa da morte, apenas que foi um crime brutal.

Em declaração à imprensa, em Arapiraca, o pai da vítima, Janeo Melanias, informou que o jovem chegou em casa no sábado (28) por volta de 5h. No entanto, quando o pai acordou, às 7h, Hudson não estava mais na residência. Desde então, ele não foi mais visto



Compartilhe