Polícia

Após ser esfaqueada, grávida de 7 meses escreve nome do agressor com sangue


Fonte: Redação com Já é Notícia

22/01/2020 13h26

Uma mulher grávida foi esfaqueada, na última segunda-feira, 20, em uma lanchonete em Goiás. A vítima foi atacada por um morador de rua e escreveu o nome do agressor, utilizando o próprio sangue, no braço.



A vítima, Luciene Maria de Souza, 38 anos, morreu minutos após o crime. Segundo informações da polícia, a vítima e o suspeito eram usuários de drogas, mas não há informações se eles tinham algum tipo de relação.

Não há informações se o bebê sobreviveu. Agentes da PM realizaram rondas pela região e conseguiram capturar o suspeito, que ainda estava com as rupas sujas de sangue.



Compartilhe