Polícia

Justiça concede liberdade a Baixinho Boiadeiro; seu irmão Preto Boiadeiro foi solto há três meses


Fonte: redação com 7 segundos

23/01/2020 11h27

A advogada Mabylla Loriato Ferreira confirmou ao Jornal de Arapiraca que a justiça concedeu o álvara de soltura do agropecuarista Baixinho Boiadeiro, que estará em liberdade no início da manhã desta quinta-feira, 23. Na manhã de ontem, quarta-feira (22), a votação do habeas corpus (HC) em que ele é acusado de tentativa de homicídio na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas deu empate e, por conta disso, a decisão é favorável ao acusado.O HC se referia a tentativa de homicídio contra o empresário José Emílio, que aconteceu no mesmo dia em que o pai do acusado, Neguinho Boiadeiro, foi assassinato, em 2017. Zé Emílio, como é mais conhecido, é filho do falecido prefeito de Batalha, José Miguel, que foi assassinado pelo tio de Baixinho Boiadeiro em 1999, Laércio Boiadeiro, dando início a rixa familiar entre os Boiadeiro e os Dantas.Na sessão ordinária da Câmara Criminal, o desembargador João Luiz Azevedo Lessa, que havia pedido vistas do HC no dia 16 de dezembro, votou contra a soltura de Neguinho Boiadeiro, assim como o desembargador Sebastião Costa Filho. O relator da matéria, desembargador José Carlos Malta Marques, e Washington Luiz já haviam votado favoravelmente a soltura do acusado. Como a votação deu empate, prevalece a decisão mais favorável a Baixinho Boiadeiro, que havia obtido outro habeas corpus concedido pela mesma Câmara Criminal em dezembro passado.



Compartilhe