Polícia

Arapiraquense acredita que foi raptado por engano


Fonte: Redação com Já é Noticia

06/02/2020 11h19

O arapiraquense Alexandro Alves de Lima, 38 anos, que foi raptado na última terça-feira, 04, e localizado nesta quinta-feira, 06, na Bahia, acredita que foi sequestrado por engano.



O comerciante, que é proprietário de uma quitanda, já retornou para Arapiraca, mas havia recebido a ordem de não voltar para Arapiraca.

Segundo o relato de Alexandro Alves, ele foi sequestrado por três homens, um deles encapuzado, que estavam em um veículo modelo Corola. Ele passou dois dias rodando dentro do carro e abandonado em uma estrada da Bahia. "Me disseram que se eu voltasse para Alagoas iriam me matar, mas acho que eles pegaram a pessoa errada", informou.

Após ser abandonado, ele pediu carona e conseguiu chegar em uma rodoviária , onde pegou um ônibus para a Capital do Agreste. O caso será denunciado na Delegacia de Arapiraca.



Compartilhe