Polícia

Trio que morreu em confronto com a polícia tinha estudante de Direito e filho de policial civil


Fonte: Redação com Já é Noticia

07/02/2020 11h58

Detalhes da investigação de um bando suspeito de assaltar ônibus intermunicipais na BR-101, na região metropolitana de Maceió apontam que dois dos três homens que morreram em confronto com a polícia eram jovens e um deles, estudante universitário.



De acordo com o relato de uma fonte, Tiago Kennedy Figueiredo de Oliveira, de 20 anos, e Halysson dos Santos Oliveira Lima, 26, eram primos. Um deles cursava Direito enquanto o outro era filho de policial civil. O terceiro morto durante a troca de tiros foi identificada como José Cícero Santos da Silva, 42 anos, e não tinha parentesco com os primos. As informações são do TNH1.

Os três eram investigados por assaltar passageiros que transitavam pela rodovia durante a madrugada, em 2019. Em duas ocorrências, registradas em março e dezembro daquele ano, além de assaltar, os suspeitos também estupraram duas passageiras, uma delas de 14 anos.

Ainda segundo a polícia, eles usavam um Ônix para interceptar os ônibus e usavam armas de calibre 12 para ameaçar as vítimas. A investigação


O confronto entre os suspeitos e a polícia aconteceu em Pilar, na região metropolitana de Maceió, mas eles são suspeitos de praticar roubos também em São Miguel dos Campos e Boca da Mata, no interior de Alagoas.  



Compartilhe