Política

Eleições 2018: Técnico agrícola de Tanque D´Arca é aposta do PSOL


Carlo Bandeira
Fonte: Redação

10/08/2018 10h35

Roberto Carlos Teixeira Gomes, 50 anos, nascido em Tanque D´Arca, zona da mata de Alagoas, filho de agricultores, tem na família a maior fortuna da sua vida.

Filho de Helenita Teixeira Gomes e de José Angélico Gomes, conhecido como Zé Nenê, grande referência e seu professor de vida, Carlos Teixeira, como é mais conhecido, quando se refere  a ele, ao seu pai, os olhos logo se enchem de lágrimas e a expressão de saudade lhe vem ao rosto sem a menor vergonha daquele choro. Alguns minutos depois, soluça e afirma que se orgulha dos ensinamentos do pai, Zé Nenê, e que quer levar o que aprendeu com ele, para a vida pública.

“A Assembleia Legislativa de Alagoas tem que mudar.  Tem deputado que quer se reeleger só para garantir o Fórum privilegiado, e não responder processo e nem ir preso”, comenta Roberto Teixeira.

Filho de agricultor, herdou do pai o compromisso com o trabalho. Conheceu de perto as dificuldades que o pequeno agricultor enfrenta para sobreviver.

Técnico agrícola de formação, Roberto Teixeira, sabe da importância para o desenvolvimento e aprimoramento da agricultura familiar, e se dedica no trabalho de valorização da assistência técnica para o pequeno agricultor.

Exerceu também a função de assessor parlamentar, adquirindo experiência durante 11 anos de atividade junto a Assembleia Legislativa.

Teixeira, também vive o drama das pessoas que precisam do SUS, e que precisam viajar à capital Maceió para se tratarem.

“Não posso ver esse sofrimento dos meus irmão e irmãs que têm que se deslocarem centenas de quilômetros de distância para serem atendidos. Abrigo o quanto posso, em minha própria casa, esses pacientes e seus acompanhantes que moram no interior, e que não têm aonde dormir ou se alimentar. Por isso, coloco o meu nome à disposição de Alagoas, para defender os interesses das alagoanas e alagoanos mais sofridos e desprotegidos  desses atuais políticos que estão tentando se reelegerem em benefício próprio e não da coletividade”, afirmou Roberto Teixeira.

Hoje, é um empreendedor, um profissional liberal, que venceu às custas do seu trabalho e dos ensinamentos do seu pai, Zé Nenê.

Ultimamente, com sua influência política, conseguiu emplacar projetos para a aquisição de casas, para sem tetos, e perfuração de poços, para agricultores familiares.

Com as experiências adquiridas, ao longo dos anos, como assessor parlamentar, filiou-se ao PSOL e é candidato a deputado estadual.

“O PSOL é um partido que mantem coerência, estamos indo para a eleição, sem coligação com partidos que tem, entre seus quadros, políticos indiciados, processado ou com problemas na justiça”, explica Roberto Teixeira.

“Vou defender a boa política, a política do bem, a política que se preocupa com as pessoas, com os menos favorecidos. Serei um deputado que defenderá as causas do quem mais precisa, de quem mais precisa”, completou Teixeira.

Roberto Teixeira, terá uma plataforma que inclui saúde, educação, geração de renda para a agricultura familiar, mais incentivos e valorização para os técnicos agrícolas e, sobretudo, mais agilidade na reforma agrária, para dar mais oportunidades ao homem do campo.

“Acredito que na educação temos que trabalhar a educação de tempo integral, onde o aluno passa o dia na escola, e tem ensino, acompanhamento nas disciplinas, merendas, e esporte. Os sem tetos e os sem terra terão  total apoio e muito trabalho”, sentenciou o candidato do PSOL.

Uma prática do mal, que Roberto Teixeira vai enfrentar com todas as suas forças, é a compra de votos.

“As pessoas que votarão em mim, são aquelas que me conhecem, acompanham o meu dia a dia. A luta que travo diuturnamente em defesa dos meus irmãos e irmãs de Alagoas.

Tenho na minha família o meu maior patrimônio. A minha querida esposa, Aline dos Santos Dias, que me acompanha e me dá todo o suporte para que eu possa desempenhar minhas funções e atender as pessoas que nos procuram.

O meu compromisso é com as causas alagoanas. O meu partido, o PSOL, faz oposição ao governo do MDB, justamente pelos desmandos e falta de compromisso com as necessidades do nosso povo. A minha disposição é legislar para o pequeno agricultor, para a valorização dos meus colegas técnicos agrícolas, por uma Educação de Tempo Integral. Minha luta para o justo cumprimento da reforma agrária para os sem terra, e para os sem tetos mais casas.

A minha candidatura, não é minha. A minha candidatura é do povo de Alagoas”, finalizou Roberto Teixeira.



Compartilhe