Política

Em convenção, Tarcizo lança sua pré-candidatura a deputado estadual


Fonte: Redação

10/08/2018 10h48

Pré-candidato Tarcizo Freire participou da convenção estadual do partido em Maceió, e lançou seu nome para concorrer a candidatura a deputado estadual de Alagoas. O evento foi realizado no último domingo 05, no Iate Club Pajuçara, com várias participações de candidatos do Progressista.

Uma cerimônia que reuniu mais de mil pessoas, e nomes como o do presidente do Progressista de Alagoas, o pré-candidato Benedito de Lira, que busca a reeleição ao Senado Federal; do pré-candidato a deputado federal Arthur Lira, e de Fernando Collor de Mello, que vai disputar a vaga ao Governo de Alagoas.

Em busca do seu segundo mandato na Assembleia Legislativa, Tarcizo recebeu o apoio popular para continuar trabalhando em prol das causas de Alagoas.

“Atitude, essa é a palavra. Precisamos trabalhar uma nova política em Alagoas, o povo está cansado de promessas, por isso se recusa a exercer o direito de cidadania, o voto. Temos que trabalhar mais, e assim fazer o resgate do orgulho e da confiança da sociedade alagoana”, disse Tarcizo Freire.

Em entrevista, o senador Benedito de Lira falou porque Tarcizo Freire deve continuar como deputado estadual. “Tarcizo Freire é um vencedor. Eu vejo com muita alegria, ele continuar como deputado estadual, um homem que tem uma missão em Alagoas, em especial na cidade de Arapiraca, como Tarcizo tem, que é cuidar das pessoas, tem que continuar no exercício do mandato de deputado”, disse o senador.

Arthur Lira ressaltou o trabalho de Tarcizo Freire. “Um parceiro nosso, lutador das causas importantes do estado de Alagoas. Tarcizo faz um trabalho social importantíssimo, e nós não temos dúvidas que ele voltará a Assembleia Legislativa com apoio do povo simples e humilde, mas um povo honesto do Agreste e de todo o estado de Alagoas”, falou o deputado federal.

Ainda participaram da Convenção, filiados, deputados, prefeitos e vereadores do Progressista, além de outras autoridades e lideranças de comunidades do Estado.



Compartilhe