Política

'Se liberado, viajarei ao Nordeste', diz Bolsonaro em entrevista na TV


Fonte: Uol

09/10/2018 19h43

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta segunda-feira (8) que, se liberado pelos médicos, viajará aos estados do Nordeste, histórico reduto petista e única região do país em que ele não venceu no primeiro turno. O presidenciável ressaltou, no entanto, que não "poderá se expor da maneira como vinha fazendo" e vetou grandes recepções em aeroportos.

O Nordeste é uma região fundamental para Bolsonaro no duelo contra o petista Fernando Haddad. São estados que possuem vínculo forte com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba e condenado na Lava Jato.

"Se [o médico] me liberar, vou viajar de avião. Viajarei, sim, ao Nordeste, mas não poderei me expor da maneira como vinha me expondo", declarou Bolsonaro em entrevista ao SBT.

Ainda hoje, o candidato deve falar também ao Jornal Nacional, da Rede Globo, e à Record TV.

Nesta segunda-feira, Bolsonaro há havia acenado a eleitores da região com uma mensagem no Twitter: "Obrigado Nordeste. Vamos resgatar o Brasil", afirmou. E postou dados que exaltam o seu desempenho na região. No domingo, em live, afirmou: "O que quero para o Nordeste é que uma região atrás do seu povo, humilde, conservador e trabalhador, fique livre da mentira, fique livre da coação que sempre existe do PT".

Nesta segunda-feira (8), o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidenciável, explicou como se dará a campanha no segundo turno. "A estratégia é fortalecer cada liderança nossa no seu estado. O Jair com o foco na, usando o seu forte, que é as redes sociais", disse ele, acrescentando que os médicos vão dizer se o candidato poderá ir para a rua. E lembrou que o candidato passará a ter metade do tempo de TV para se comunicar com o Nordeste.



Compartilhe