Política

Vereadores cobram reinício de obras paralisadas em Arapiraca


Fonte: Redação com Assessoria

07/11/2018 12h35

A Câmara Municipal de Arapiraca realizou mais um sessão ordinária, na noite desta terça-feira (06), no auditório do CRIA, no bairro de Santa Edwirges. O vereador Willomaks da Saúde disse que está entrando com um requerimento, para solicitar a presença do prefeito Rogério Teófilo em uma das sessões da Câmara, para que ele explique os motivos das paralisações das obras em Arapiraca.

Citando como exemplo, o parlamentar lembrou que em 2017, ao lado de uma comissão formada por vários vereadores, visitou várias obras paralisadas, entre elas, uma creche e um posto de saúde no bairro Arnon de Melo.

Ele encerrou, afirmando que não é mais admissível esta morosidade da administração municipal e que já esperou por dois anos para que a situação melhorasse. Ele prometeu permanecer fiscalizando as obras e dando uma resposta a sociedade.

O vereador Rogério Nezinho voltou a classificar a administração do prefeito Rogério Teófilo como lenta e sem nenhuma ação para o município arapiraquense. De acordo com Rogério Nezinho, nunca, na história de Arapiraca, foram deixadas o de serem inauguradas obras na cidade quando da data de Emancipação Política do município.

Rogério Nezinho disse que há dois anos vem cobrando da administração municipal um melhor empenho na máquina administrativa, principalmente com relação as indicações dos vereadores, que quase sempre não são atendidas.

O vereador Léo Saturnino falou sobre sua viagem à Brasília, quando na companhia do colega vereador Fábio Henrique e da secretária de Assistência Social, Anadja Gomes. Eles participaram de um encontro na capital federal, onde a ecretária apresentou um relatório sobre as empresas que deixaram de realizar as obras em Arapiraca. Léo Saturnino lembrou que por diversas vezes ao usar a tribuna da Câmara Municipal cobrou da administração uma resposta para as indicações. Ele até citou as demissões feitas recentemente pelo prefeito com relação aos cargos comissionados, afirmando que espera uma resposta positiva para a administração municipal.

Camara Municipal e Tribunal de Contas
A presidente da Casa, Professora Graça, parabenizou as festividades dos 94 anos de Emancipação Política de Arapiraca. Ela também aproveitou a oportunidade, para falar sobre o Portal da Transparência da Câmara Municipal de Arapiraca, que no mais recente levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado, a Casa Herbene Melo, recebeu a nota 9,5.

Ela lembrou também que ao receber no início do ano a informação de que o Poder Legislativo de Arapiraca conseguiu a nota 7,2, estava contente, porém, queria atingir a nota máxima, o que já se aproxima.

Professora Graça disse que sua preocupação com os gastos do setor público se deve ao fato de que quem não atingir a nota 6 no Portal da Transparência poderá ter as contas bloqueadas e não é o caso de Arapiraca, que está alcançando a nota máxima, cumprindo o que manda o Tribunal de Contas do Estado.

A vereadora encerrou parabenizando os funcionários da Casa pelo trabalho no Portal da Transparência, especialmente aos servidores Vanildo e Felipe, que realizam um trabalho de excelência na atualização dos dados.

30 anos da Constituição
O vereador Pastor Marcos Caetano falou dos 30 anos da Promulgação da Constituinte, que foi comemorado em outubro. De acordo com o parlamentar, a constituição federal estabelece o direito de ir e de vir do cidadão. Ele citou o artigo 1 do parágrafo único que diz: todo o poder emana do povo. Ao concluir, o vereador lembrou que a Carta Magna nos permite o direito à democracia plena.



Compartilhe