Política

Câmara aprova lei de Gilvânia Barros que protege crianças e adolescentes das brigas de pais separados


Carlo Bandeira
Fonte: Redação com Carlo Bandeira

20/04/2019 21h48

A vereadora Gilvânia Barros apresentou projeto de lei  que institui a Semana da Alienação Parental, que foi aprovado por unanimidade. Um grave problema que vem aumentando a sua ocorrência, e acometendo várias crianças e adolescentes de pai e mãe separados, ou ainda, de pais e mães que não vivem harmonicamente, e se acusam mutuamente para os filhos e filhas, que são as vítimas de toda desavença existente entre o casal (genitor e genitora).

Dia 25 de Abril é o dia escolhido para a Semana de Conscientização da Alienação Parental.

Gilvânia Barros lembrou que a Lei nº 12.318/2010  prevê essa conduta como crime:

A lei – Sítio Conjur.com

 A Lei nº 12.318/2010 traz algumas formas exemplificativas de alienação parental e suas consequências, orientando as medidas cabíveis a serem tomadas. Caso for constatada a prática de alienação parental, o genitor culpado poderá ser submetido a sanções, tais como pagamento de multa, podendo, ainda, ser advertido, perder a guarda do filho, ou até mesmo ter suspensa sua autoridade parental sobre o filho.

Esta síndrome está se tornando cada vez mais comum em nossa atualidade. Muitas crianças ou adolescentes estão se distanciando de seus pais e familiares. A Alienação Parental não é um problema somente de genitores separados. É um problema social, que silenciosamente traz sérias consequências para as gerações futuras.

Com isso, a vereadora Gilvânia Barros quer incentivar e provocar a discussão sobre o tema;

“A Alienação Parental, que faz de nossas crianças e adolescentes, vítimas desse comportamento irracional entre pais e mães, afetando o futuro desses jovens que ficam marcados para o resto da vida, e que compromete o futuro de todos. O futuro de um ser humano, de uma sociedade sadia, o desenvolvimento de uma comunidade é comprometido por esse comportamento. Vamos conversar sobre esse assunto e juntos desenvolvermos ações que protejam as nossas crianças e adolescentes. Protegendo-os,  protegemos um futuro com mais dignidade para todos nós, finalizou e agradeceu os seus pares pela aprovação unânime do Projeto de lei da Semana da Alienação Parental”, Gilvânia Barros.  

 

 

Gilvânia Barros - Foto Carlo Bandeira
Gilvânia Barros - Foto Carlo Bandeira
Gilvânia Barros - Foto Carlo Bandeira


Compartilhe