Política

Depressão: sintomas vão de tristeza à ideia suicida


Fonte: Tribuna Hoje

07/05/2019 10h05

A depressão é um distúrbio que gera uma tristeza profunda, perda de interesse generalizado, falta de ânimo, de apetite, ausência de prazer e oscilações de humor, muitas das vezes sem motivo aparente que podem acabar em pensamentos suicidas. Considerada o “mal do século” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença ainda é um desafio para especialistas e pacientes.

TH Entrevista desta semana conversa com o psicólogo Bruno Freire que explica os principais sintomas, como identificá-la e porque muita gente acaba desencadeando a enfermidade.

De acordo com o especialista, a depressão não escolhe idade, classe social ou etnia. Crianças, adolescentes e adultos muitas vezes têm o dia a dia afetado por uma “dor na alma”, cujo diagnóstico pode demorar a ser feito e, infelizmente, em muitos casos, não é visto como uma doença, nem mesmo por aqueles que a têm. No entanto, o psicólogo explica que a maioria dos sintomas pode ser identificada.

“A depressão é uma psicopatologia. Ou seja, uma enfermidade da mente com sintomas orgânicos. A gente pode identificar a doença observando pequenas mudanças como falta de interesse social do indivíduo, a dificuldade de sentir prazer nas coisas, à vontade excessiva de comer ou a inibição do apetite, a falta de energia sexual (adultos) – ele perde todo o interesse social, a irritabilidade e o isolamento. Além desses, existem vários outros sintomas”, ressalta Freire.

O psicólogo explica ainda que no caso de adolescentes, a família e amigos podem identificar os sintomas observando as mudanças de hábito e rotina. “Começam apresentar determinados sintomas como irritabilidade social, crises de ansiedade e até automutilação e ideia suicida. Notando isso é necessário acionar ajuda’’.

TRISTEZA X DEPRESSÃO

O psicólogo fala que identificar tristeza da depressão ajuda na busca por tratamento. “A tristeza é algo inerente ao ser humano. Todos os indivíduos ficam tristes. Já a depressão é a magnitude disso. Por exemplo, a tristeza pode ser um estado que o indivíduo pode superar ou não naquele momento. Já a depressão é acentuada podendo até incapacitar o individuo de elaborar suas atividades”.



Compartilhe