Política

Enfermeira de Santana do Ipanema faz vakinha virtual para ajudar atingidos por ciclone em Moçambique


Fonte: Redação com MinutoSertão

11/07/2019 17h08

A enfermeira sertaneja Janailma Ramos da Silva, residente na cidade de Santana do Ipanema, no Sertão de Alagoas, decidiu tomar uma atitude solidária e corajosa. Sensibilizada com a catástrofe ocorrida em março deste ano, em Moçambique, na África, onde um forte ciclone, chamado ''Ciclone Idai”, causou a morte de muitos moradores, ela decidiu ajudar. Segundo um balanço divulgado pelo G1, pelo menos 602 mortes foram registradas em Moçambique.

Após tomar conhecimento do testemunho de um amigo que é missionário, identificado como Edinaldo Soares, Janailma tomou a difícil decisão de prestar seu trabalho de forma solidária às vítimas do ciclone em Moçambique. 

Ela é membro do movimento católico Cursilho de Cristandade, trabalha há seis anos como enfermeira em um hospital na cidade e é agente comunitária de saúde no município. 

Para arcar como os custos da viagem à África, Janailma resolveu angariar recursos financeiros por meio da colaboração de amigos e familiares. A viagem está prevista para o próximo mês de setembro.

Em contato com o portal Minuto Sertão, Janailma contou em detalhes sobre sua decisão: ''O amigo Jaudiran viu minhas postagens no Facebook, Instagram e se sensibilizou com essa minha missão. Tudo começou com a visita de um amigo missionário, o Edinaldo. Ele falou da sua experiência de estar em missão lá na África, em Moçambique, na cidade de Dombe. Eu sou cursilhista e ele veio dar seu depoimento na escola que a gente tem. A partir daí, eu senti esse chamado, tenho vontade de servir e assim eu me organizei desde março para viajar nas minhas férias e assim foi feito graças a Deus. Realmente eu não tinha como ver a possibilidade da passagem, de pedir a passagem as pessoas, ai eu já comprei as minhas passagens, na verdade, fiquei devendo, né? (risos...). A gente arruma um jeito. O que estou pedindo, ou seja, arrecadando em dinheiro, é para quando chegar lá converter em dólar e ver o que estão necessitando e doar. Lá eu ficarei hospedada na Fazenda da Esperança, ala feminina. A Fazenda da Esperança é um projeto no qual o amigo Edinaldo é missionário e coordenador da ala masculina'. Eles ajudam muitas pessoas lá, principalmente depois do ciclone. São mais de 3 mil pessoas que a fazenda acolhe dando alimentos. Eles possuem quatro acampamentos, dando assistência, Toda ajuda, independente do valor, será muita bem vinda. Agradeço, desde já'', relatou Janailma.

Jaudiran, amigo de Janailma, em contato com a reportagem, falou sobre a iniciativa de sua amiga e declarou que também irá a Moçambique em janeiro de 2020, onde passará 60 dias. Já Janailma pretende passar 25 dias, ela irá no dia 5 de setembro, retornando no dia 25.

Ajude a Vakinha Virtual de Janailma, doando qualquer valor: Clique aqui e doe!



Compartilhe