Política

Traipu está pronta para receber turistas de todo Brasil


Carlos Bina

29/10/2019 11h12

Traipu, município de vasta extensão territorial, encravado entre as sinuosas montanhas de Alagoas e Sergipe, tendo ao centro o majestoso Rio São Francisco, guarda um potencial turístico de capacidade ilimitada com um visual inigualável e belezas cênicas únicas.             

Faz fronteira com os municípios alagoanos de Belo Monte, Jaramataia, Girau do Ponciano, Olho d'água Grande, São Brás e com o Estado de Sergipe.    

Traipu é uma palavra indígena, que significa " muitos peixes".

O Município tem a sua história marcada pela visita de Dom Pedro ll, em 16 e 17 outubro de 1859, que chegou através do RIO SÃO FRANCISCO e se encantou com o local: "Depois de orar na matriz, fui dar um passeio nas lagoas onde plantam arroz e colhi diversas plantas e flores do campo."            

Dom Pedro ficou hospedado na Casa da Câmara, um sobrado que resiste ao tempo. Rezou, ainda, na Igreja de Nossa Senhora do Ó. Na época, estava sendo construída a primeira torre da capela. Ele também fez questão de conhecer a fauna e a flora do lugar, levando dezenas de espécies para o Estado do Rio Janeiro.

Traipu tem como forte opção econômica o turismo. Gerador de emprego e renda, a chamada “indústria sem chaminé”, constitui um caminho natural para gerar prosperidade para o povo traipuense. Segundo a empresária Dulcineia Soares, também Subsecretária de Turismo, a atualização do plano diretor vai otimizar a questão.          

Ela conclama empresas para investir no Turismo de Traipu e no Rio São Francisco.                              

Por sua vez, a competente Secretária Técnica do Turismo, a Sra. Dulcineia, discorreu sobre os planos para o desenvolvimento do turismo. 

Com uma visão moderna e demonstrando muito apreço à sua cidade natal, enxerga o avanço na questão da infraestrutura para o turismo. Novas pousadas, hotéis, restaurantes e passeios fazem parte dos projetos da Secretaria Municipal.     

No que se refere aos eventos, importa consignar que o Município se prepara para a festa da padroeira Nossa Senhora do Ó, uma comemoração de grande riqueza religiosa e cultural, no dia dezoito de dezembro, reunindo uma verdadeira multidão de fiéis e turistas,

com novena, missas, parques de diversões, apresentações culturais (coco de roda e pastoril) e leilões. A procissão é acompanhada pela Lira Traipuense.

“Sejam todos bem-vindos aos nossos festejos”, declara o Prefeito Silvino Cavalcante.

Foto por: Carlos Bina
Foto por: Carlos Bina


Compartilhe