Política

Ministério Público apura casos de fraude em diplomas de Faculdade em Alagoas


Fonte: Redação com Já é Notícia

22/01/2020 13h42

O Ministério Público do Estado (MPE) abriu um inquérito para investigar fraudes na emissão de diplomas de graduação do Instituto Educacional Tecnológico e Cultural (IETC), em União dos Palmares.



A decisão foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPE, na manhã desta quarta-feira, 22, e assinada pela promotora Adilza Inácio de Freitas.

A emissão fraudulenta dos diplomas prejudicou principalmente os alunos do Curso de Educação Física, e o caso está sendo chamado pelo MPE de "Máfia dos Diplomas", e afirma que o Instituto está ofertando cursos superiores de forma irregular.

A promotoria irá ouvir os estudantes que desconfiam dos diplomas, irá pedir certidões e fazer inspeções da faculdade, além de pedir perícias na Instituição.


"Cabe ao Ministério Público zelar pelos direitos individuais homogêneos de consumidores, sobretudo quando evidenciada a relevância social da demanda, como ocorre no presente caso, em que dezenas de estudantes foram lesadas por uma instituição de ensino superior, com propagação da fraude por todo o interior do estado alagoano", informou a promotora. 

 



Compartilhe