Política

Vereador envolve deputado Jairzinho Lira em proposta de compra de liderança


Fonte: Redação com 7 Segundos

06/02/2020 10h07

As redes sociais não perdoam um deslize, ainda mais quando o registro envolve pessoas que ocupam cargos públicos e eletivos. Um exemplo das consequências sobre a falta de noção no uso de ferramentas digitais ocorreu em Lagoa da Canoa, município alagoano onde o vereador Preto da Besta (Getúlio Damascena/PRP) oferece dinheiro e combustível’ para uma liderança política abandonar a prefeita Tainá Veiga (PP).
A proposta expressa em áudio transmitido por Whatsapp vazou para grupos e repercutiu negativamente para o vereador que está em seu primeiro mandato e também para o deputado estadual. Preto da Besta oferece uma determinada quantia e também propõe mais um valor, que seria pago por Jairzinho Lira, conforme consta na mensagem que enviou ao líder identificado como Cido.

 

Promoção
O vereador diz que vai dar R$ 10 mil e Jairzinho mais R$ 20 mil, impondo uma condição: o apoio político. “Você vem para o lado de cá porque do lado de lá você não vai ter dinheiro, não. Não tem dinheiro lá não, vai por mim. R$ 10 mil que o Preto da Besta vai lhe dar e Jairzinho vai lhe dar mais R$ 20 mil. E tem uma: se você quiser tem um tanque de gasolina pra você, por mês, viu? Ainda tem o tanque de gasolina para quebrar o seu galho, se você quiser, viu? Aproveite a promoção”, diz Preto da Besta.
A tentativa de compra de apoio político fez a prefeita Tainá Veiga se posicionar nas redes sociais. “Quero deixar o meu repúdio, a vergonha alheia com essa atitude do vereador Preto da Besta que oferece R$ 30 mil, junto com seu deputado, para tentar tirar uma liderança nossa, numa tentativa de desmoralizar o nosso grupo e desrespeitar as famílias de bem de Lagoa da Canoa”, afirmou a gestora em vídeo.
Vergonha
“Fico envergonhada que, após tanto tempo sumido, fugindo do povo, agora aparece em Lagoa da Canoa, querendo insultar o povo, dizendo que tem dinheiro para comprar todo mundo. Não se compra uma história de trabalho, uma história de serviços à nossa população”, reage Tainá Veiga, referindo-se ao vereador que, após a repercussão do áudio, tentou justificar a proposta indecente como uma brincadeira que fez com o amigo Cido.
Apesar de minimizar a gravidade do assédio à liderança, Preto da Besta passou a ser lembrado por se omitir falhas perante as necessidades da população, conforme recordou a prefeita de Lagoa da Canoa sobre deslize anterior cometido pelo político que atua no ramo de transporte de passageiro.
“Eu acabo de me recordando de outro áudio, também do vereador Preto da Besta, que circulou nas redes sociais de Lagoa da Canoa, ele negando ajuda a uma mãe desesperada, que pede ajuda a ele num momento de angústia e ele diz que não é o pai da criança, que não tem obrigação, enfim, desrespeitoso, desumano. E agora, em contraponto, oferece R$ 30 mil”, afirma Tainá Veiga.
A reportagem do portal 7 Segundos entrou em contato com o cartório eleitoral da 44ª Zona, que abrange os municípios de Girau do Ponciano, Lagoa da Canoa e Jaramataia, mas não havia nenhuma denúncia contra o vereador registrada até terça-feira, 04. Já o deputado Jairzinho Lira não se manifestou publicamente sobre o assunto.

 



Compartilhe