Turismo

Mapa do Turismo de Alagoas cresce 139% em comparação ao mesmo período do ano passado


Fonte: Assessoria

16/09/2017 08h39

O Turismo em Alagoas ganha ainda mais força com o reconhecimento do Ministério do Turismo (Mtur) de 39 novos municípios com potencial turístico no Estado. A evolução de 28 para 67 cidades representa um crescimento de 139% do Mapa do Turismo do Estado e aconteceu devido ao trabalho do Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), que identifica novos potenciais turísticos e articula junto aos executivos municipais formas e políticas que impulsionem a atividade turística nestas cidades.

A inclusão das novas cidades no Mapa do Turismo evidencia o potencial turístico do Estado de Alagoas no segmento, não só da região da Grande Maceió, como também do interior do Estado. Todas as regiões do Estado tiveram novas opções agregados ao Mapa do turismo, incluindo a região agreste e da caatinga, no sertão alagoano, abrindo um leque de nossas possibilidade para o desenvolvimento destas regiões.

Os requisitos para ingressar no Mapa do Turismo do Mtur são a existência de uma secretaria municipal dedicada ao turismo, recursos já garantidos pro setor e um plano de ação local visando o desenvolvimento do segmento.

Além da pasta Estadual dedicada ao turismo, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) também contribui com este trabalho de promoção das potencialidades turísticas, aliando propostas com a secretaria estadual e os diversos gestores municipais.

Em outubro deste ano, a Sedetur participa da 28º Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização do Turismo, que acontecerá em Vitória no Espírito Santo.  Lá, ações serão planejadas para as cidades turísticas do Mapa do Turismo do Mtur.

Como resultado disso, a Secretaria realizará encontros com os gestores municipais de cada município do mapa aqui em Alagoas. As reuniões serão feitas com o intuito de aperfeiçoar as relações com percursos típicos, assim como incluir os novos trajetos em articulações para melhor aproveitamento da atividade.

A atualização do Mapa do Turismo oferece novas opções para quem visita Alagoas. Na região Agreste, Arapiraca, maior cidade do interior do estado, é referência no turismo de negócios e religioso. Outras cidades também chamam a atenção pelo potencial turístico como Palmeira dos Índios, que além de sua contribuição histórica, possui a estátua do Cristo do Goití, que também é atrativo para religiosos. Já em Maravilha, na caatinga, os atrativos abrangem estudos em paleontologia da região, com o Museu Paleontológico da cidade.

A Sedetur ainda trabalha na promoção de outros destinos no interior, como o caso dos atrativos da região quilombola, com os municípios de Capela, Viçosa e Mar Vermelho, que possuem atrativos gastronômicos, como festivais e comidas típicas.

Paralelamente, a pasta trabalha na articulação para que esses festivais e outros atrativos cresçam e se desenvolvam, gerando emprego e renda.



Compartilhe