Turismo

Família Boiadeiro se comove e agradece a solidadriedade popular e pede justiça


Carlo Bandeira
Fonte: Arapiraca News

17/11/2017 17h21

Silêncio e muita dor marcaram a celebração da missa pela passagem do  sétimo dia do falecimento de Adelmo Rodrigues de Melo, o Neguinho Boiadeiro, morto na cidade onde era vereador, em  Batalha.

Sem nenhuma declaração sobre o crime que vitimou seu Pai, a filha Bahia Boiadeiro externou o sentimento de toda a família indicando uma faixa, aberta ao final da missa, com os dizeres; “Queremos Justiça”.

Dentro da Igreja, observou-se o silêncio, a consternação e muita solidariedade,  confirmada por sua filha Bahia. “Eu já sabia que meu pai era muito querido pela população de Batalha, mas não imaginava que era tanto assim”, falou admirada, a filha Bahia Boiadeiro.

As demonstrações de carinho e respeito são confirmadas por caravanas de admiradores do vereador, que vieram de Batalha com a imagem do Neguinho Boiadeiro estampada em suas camisas.

Um pouco antes da missa, o site Arapiraca News entrou em contato com outro filho do vereador, o Preto Boiadeiro, e ele nos falou, via Whatsapp, que o único sentimento da Família se resume em que a Justiça desvende e revele os verdadeiros culpados, e que  sejam julgados, condenados e presos.

A Família do srº José, que vieram de Batalha, afirmou que o vereador era muito querido pela população daquele município, e que vieram para o enterro também, e agora estão prestando essa homenagem, aqui em Craíbas. A gente não entende como isso foi acontecer logo com o Neguinho, uma pessoa pacífica e um homem que sempre ajudou aos mais necessitados.

A Missa foi celebrada na Igreja do Nosso Senhor do Bom Pastor, na COHAB, em Craíbas com as presenças femininas da Família Boiadeiro, e alguns tios e sobrinhos do vereador Neguinho Boiadeiro



Compartilhe