Turismo

Ernandes Clemente a Ciência do Leite


Carlos Alberto Jr
Fonte: Redação

18/12/2017 16h44

O Ernandes lembrou; “eu era um dos mais novos, por isso não me deixavam trabalhar. Mas eu não parava. Meus irmãos maiores foram trabalhar nas fazendas ali por perto. Mas eu ia com eles. Já gostava de curral, e aprendi a tirar leite logo. Mesmo assim, trabalhava de vez em quando passando as  vacas para os meus irmãos tirarem o leite, e ganhava meu dinheirinho”.

O Ernandes, dos irmãos foi um dos que mais frequentou a escola. Mas isso não o impediu de vender picolé na rua, puxar carroça na feira, tudo para ajudar  a família. Ainda arrumava tempo pra jogar futebol. Com 16 já havia feito testes no time do ASA, e só não ficou porque não havia condições de permanecer. Voltou pra Batalha e se firmou como jogador de futebol do time da CAMILA, uma cooperativa de laticínios. O futebol já lhe dava algum dinheiro, e fama em toda região. Participando de campeonato de futebol amador entre empresas, ele sempre era o artilheiro da competição.

Ernandes recebe um convite para jogar no time de outra indústria, concorrente da CAMILA.

Era uma empresa menor, mas o convite previa que ele se tornasse funcionário  do Leite Batalha, um laticínio da Cidade.

Com os estudos concluídos, craque de bola, mas, sem experiência alguma no mundo industrial, foi lavar caixa no novo laticínio. Menor de idade, ainda, escondia-se na hora da fiscalização. Mas ele insistia, e diz ser essa a grande oportunidade da sua vida.

Magrinho, bom de bola, começou a fazer gols no seu trabalho, também. Com apenas um ano na empresa, já tinha passado por todos os departamentos daquela indústria. Como todo curioso, e adorando o que estava fazendo, ele aprendeu todos os segredos de um laticínio. Passara pela embalagem, operação de máquinas, pasteurização e etc.

Em pouco tempo já estava produzindo iogurte, era auxiliar de um de seus grandes mestres, o Srº Hélio da Silva Santos, a quem ele agradece até hoje. Agora, já era representante dos produtos Laticínio Batalha, em Arapiraca. Mas era o único técnico que dava jeito nas máquinas da indústria.

Três anos depois, recebe um convite pra ir gerenciar um laticínio na Baia. E lá foi ele.

Predestinado ao sucesso, Ernandes encontra o seu anjo da guarda, o senhor Hélio. Tinha um mês pra se adaptar, mas em apenas dois dias já dominara a situação. Vieram os cursos de especialização, tanto na área de venda como na área da industrialização de produtos lácteo.  Três anos depois, o lavador de caixas volta para o Laticínio Batalha, agora como gerente.

Quando eu cheguei enfrentei duas difíceis situação; Uma, a desconfiança dos funcionários antigo, que me viram lavando caixa, e a outra, a empresa não estava muito bem.  Como gerente e uma gratidão muito grande, reuni-me com todos os funcionários, coloquei a minha ideia e pedi a ajuda de todos. Outro gol do Ernandes! Um ano depois a Laticínio Batalha voltara pro mercado, deixando pra trás os maus tempos.

Não levou muito tempo, outro convite. Pernambuco, região de Ibimirim, um semiárido sem criação de gado.

Ele relata; “Quando cheguei, apesar da proposta ser muito vantajosa, a fábrica estava fechada. Recebi durante seis meses sem trabalhar. O maquinário era muito bom, tudo era muito bom, mas estava fechada. O dono tinha muito dinheiro e só. Conversamos e começamos a trabalhar.

Adquiri 70 litros de leite, fiz um iogurte artesanal, levei pra feira. Daí por diante, a fábrica reabriu e voltou a produzir, com muito sucesso.

Hoje, simplesmente dá consultoria a cinco laticínios multinacionais. São vários prêmios em concursos de qualidade.

Atualmente, Ernandes Clemente, a Ciência do Leite, está em Arapiraca.

Todas as empresas que dou consultoria na área de industrialização e comercialização, vou representar aqui no mercado de Arapiraca para Alagoas.

Dedico-me integralmente à nossa distribuidora D’Milk, que vai abrir o mercado para a linha de produtos do leite.

Belo Monte, Alagoas para o mundo do leite, como  grande mestre de seus derivados.

José Ernandes Clemente, a ciência do Leite em pessoa, e feliz com a sua vida.



Compartilhe