Entretenimento

Pabllo Vittar é processada após grave acusação e pode pagar multa de R$ 1 milhão


Fonte: Contigo!

04/08/2022 08h54

Pabllo Vittar está sendo processada por plágio e poderá pagar uma multa salgada que pode chegar a R$ 1 milhão. A drag queen mais seguida do mundo é alvo de um processo pela música Ama, Sofre, Chora, do álbum Batidão Tropical, lançado no ano passado.

De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do portal Em Off, o compositor Herlomm Dioslydos Reis Silva resolveu entrar com uma ação de indenização por danos morais e materiais, alegando que o hit seja uma plágio de sua canção Amar, Sofrer, Chorar.

Além da artista, a Sony Music, gravadora responsável pelo lançamento, e os compositores Arthur Pampolin Gomes, Arthur Simões Magno Marques, Guilherme Santos Pereira, Pablo Luiz Bispo e Rodrigo Pereira Vilela dos Santos também são citados no pedido inicial da ação.

Em suma, Herlomm aponta ter registrado a melodia de sua música no dia 13 de junho de 2019, enquanto publicou o clipe no YouTube no dia primeiro de outubro de 2020. Até o momento a artista não se manifestou sobre a acusação.

De acordo com o colunista Lucas Pasin, do Splash UOL, que teve acesso ao processo na íntegra, o valor da ação pode chegar na casa dos milhões, já que o rapaz pede, além dos danos materiais, no valor de tudo que a música lucrou, uma indenização de danos morais dez vezes maior que os materiais.

Segundo a argumentação do processo, Pabllo Vittar publicou a cópia no dia 8 de janeiro de 2021, e ele, ao ouvir a música, "identificou trechos com o mesmo sentido da composição original, de sua autoria, não só no título e melodia, estes praticamente idênticos, como também, no sentido literário, pois ambas falam de amor não correspondido, onde uma pessoa ama outra que a ignora".



Compartilhe