Entretenimento

COMPOSITOR ALMIR GUIMARÃES: DE MACEIÓ PARA O BRASIL


Fonte: Assessoria

19/09/2022 15h58

_Cavaquinho no axé e banjo no pagode marcam as composições de seu Grupo Caneta On_
 Assessoria
Imagem: Bruno Guimarães
O compositor e instrumentista alagoano Almir Guimarães, vem se destacando no cenário nacional desde 2021. As portas começaram a se abrir para seu trabalho, em Salvador. Tuca Fernandes, ex-vocalista do Jamil e Uma Noites, lançou no Faustão na Band, seu axé Valeu a Espera. Vários outros artistas estão gravando suas composições. 
Sinho Ferrary, cantor baiano de arrocha, gravou Ano do Boi, disponível no You Tube. Allisson  Selakuatro, um dos grupos de swingueira famosos de Salvador, já fez clip com a sua música Sequência de Lapada, com direito a coreografia para o TIK Tok;  é sucesso nas rádios, e Allison está investindo para que esse seja seu hit no carnaval de 2023. 
Desde 15 anos de idade Almir toca cavaquinho. Se profissionalizou na extinta escola de música alagoana Sol Maior também em banjo. Fez curso de composição profissional com a empresária e professora de artistas renomados, Bruna Campos. Foi quando conheceu outros dois compositores baianos Alê Santana e Mateus Eça, com quem montou o grupo Caneta On.  Juntos, têm assinado diversas composições que vem sendo liberadas para artistas de estilos musicais como piseiro, pagode, arrocha, sofrência, o próprio axé, e forró.
Desde sempre, artistas nordestinos que buscam sucesso e reconhecimento, migram para Salvador, celeiro musical da região. Almir permanece em Alagoas, mas sua música teima em extrapolar fronteiras. Todo mundo sabe que uma das maiores dificuldades dos intérpretes famosos é encontrar bons compositores. E cada vez mais, o Caneta On tem sido procurado por artistas conhecidos do grande público. Há contatos com celebridades da música baiana sendo feitos. Mas essa história a gente conta depois.
*Contatos*: WhatsApp: 82 98801-5486
*Instagram*: @canetaoncomposicoes



Compartilhe