Esportes

ASA tem vantagem do empate contra o Afogados


Fonte: Tribuna Independente

30/07/2022 09h54

Domingo é dia de ASA. O Alvinegro de Arapiraca entra em campo para o jogo de volta contra o Afogados-PE, pela segunda fase da Série D. O time venceu a partida de ida, por 2x1, e joga pelo empate para avançar às oitavas de final. E vai ter grande apoio do público. A diretoria do ASA conseguiu os alvarás de liberação do acesso às arquibancadas leste, as antigas metálicas.

“Uma satisfação imensa poder dar essa excelente notícia aos nossos torcedores. Os acessos, por meio dos túneis das novas arquibancadas, estão totalmente liberados. Agora, serão evitadas filas e o fluxo de ida e volta será facilitado”, disse o diretor de futebol, Rogério Siqueira.

Em campo o técnico Jota Guerreiro trabalhou a semana inteira para esse jogo. Ele ainda procura um substituto para o centroavante Júnior Viçosa, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo. Sábado, ele optou por colocar o meia-atacante Didira na equipe e pode mantê-lo no time para o jogo de domingo, contra o Afogados.

Quem cumpriu suspensão e volta ao time é o lateral-esquerdo Alysson Dutra. Ele disputa ainda posição com Thalysson, titular na última partida. O zagueiro Benne e o volante Jorginho se recuperam de lesão e ainda vão ser reavaliados até o próximo sábado.

Uma formação possível para domingo tem: Renan Rinaldi; Michel, Brumatti, Cristian Lucca e Thallyson; Zé Wilson (Jorginho), Colina e Roger; Didira, Anderson Feijão e Ermínio.

O resultado do julgamento do meia Roger Gaúcho no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) supreendeu a direção alvinegra. A 3ª Comissão Disciplina puniu o atleta com quatro jogos de suspensão pela expulsão contra o Santa Cruz, em partida da 13ª rodada da Série D. 

O ASA vai recorrer da decisão e entrou com um pedido de efeito suspensivo. O meia já cumpriu um jogo de suspensão. Ele ficou fora contra o Atlético-BA, pela última rodada da primeira fase.

Na súmula, o árbitro Alisson Sidnei Furtado, do Tocantins, relatou que aplicou cartão vermelho direito para Roger por conduta violenta, com a bola fora de jogo, e aplicar um golpe no adversário. O preparador físico do ASA, Carlos Airon, que foi expulso na mesma partida, pegou dois jogos de suspensão.



Compartilhe