Esportes

CSA faz últimos ajustes no CT do Vitória


Fonte: Tribuna Independente

05/08/2022 07h37

Esta sexta (5) tem treino no CT do Vitória. É o último momento de preparação do CSA para encarar o Bahia neste sábado (6), às 16h30, na Arena Fonte Nova. A delegação embarcou ontem à noite cheia de motivação. O Azulão começou o segundo turno da Série B na zona do rebaixamento, ocupando o 17º lugar, com 20 pontos. O duelo é simplesmente contra terceiro colocado da tabela. O volante Geovane declarou que o campeonato começa a entrar na reta decisiva e que não há mais espaço para erros.

“Conversamos bastante entre nós. Tivemos muitas chances de sair do Z-4 e de estar bem na tabela. Temos criado oportunidades e acredito que precisamos ter um pouco mais de tranquilidade para botar essa bola na rede. Eu creio que nós vamos reverter toda essa situação. Faltam 17 jogos, agora começa a ser contagem regressiva. Acho que esse é um bom momento pra podermos fazer as coisas o mais certo possível, errar menos, pra que possamos conseguir as vitórias e ter um pouco mais de tranquilidade no campeonato”.

No CSA há três temporadas, Geovane também pontuou que a falta de concentração tem atrapalhado o desempenho do time dentro de campo. “Nós temos que vencer a cada jogo. Desde quando começou o Brasileiro, nós estamos com a corda esticada, sempre sob essa pressão e precisando vencer o próximo jogo. Não conseguimos ter uma sequência de vitórias e sabemos que pra esse campeonato isso é muito importante. Precisamos concentrar um pouco mais, caprichar um pouco mais na finalização, algumas criações e nos últimos passes.

Sábado, o CSA vai encarar um adversário que briga pelo acesso. Geovane lembrou do poder e do modelo de jogo do Bahia na Arena Fonte. “É um jogo difícil, fora de casa, o estádio vai estar lotado, uma equipe que está no G-4, eles são fortes em casa. Sabemos que o Bahia tem um contra-ataque muito forte e, algumas vezes, eles deixam o adversário propor o jogo para que nos erros do adversário eles possam contra-atacar, isso é uma força grande que eles têm. É ver a estratégia que o Valentim vai ter pra esse jogo, mas o principal é a concentração pra esse jogo e a determinação”.
Visando a saída da zona do rebaixamento, a equipe azulina precisa de uma vitória contra o tricolor baiano e também torcer para um tropeço do Operário-PR diante do Náutico, que se enfrentam na noite desta sexta-feira. Dessa forma, o Azulão entra em campo no sábado já sabendo se será possível deixar o Z-4 ou não.



Compartilhe