Esportes

Pressionado, CSA recebe o Brusque


Fonte: Tribuna Independente

09/08/2022 08h22

CSA e Brusque se enfrentam nesta terça (9) no Estádio Rei Pelé, às 20h30 (horário de Brasília), em jogo que é válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A crise do Azulão ganhou proporções ainda maiores com a derrota fora de casa para o Bahia por 1x0. O time está na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª colocação, com 20 pontos.
E para piorar, a direção optou pela demissão de Alberto Valentim. A passagem do técnico pelo CSA durou menos de dois meses. Ontem foi anunciada a saída do treinador. Pesaram a péssima fase do time na Série B e a sequência de três derrotas seguidas.

Ex-Palmeiras e Vasco, Valentim chegou em junho a Alagoas, para substituir Mozart, que havia pedido para sair. Estreou no dia 19 de junho e somou sete pontos em dez jogos disputados na Série B. Venceu uma vez, empatou quatro e perdeu cinco.

A campanha não foi suficiente para tirar o time da zona de rebaixamento, e a diretoria preferiu mudar radicalmente os rumos. No mês passado, foram contratados nove jogadores e a maioria deles até estreou.

Quem ficou, sabe que a postura precisa ser diferente. “Sabíamos da importância (jogo com Bahia), ainda mais que o primeiro clube fora do rebaixamento abriu quatro pontos da gente. Então sabíamos da importância e viemos com o objetivo de, no mínimo, buscar um ponto aqui. No primeiro tempo, a gente baixou muito as linhas e acabaram fazendo o gol numa falha nossa. Perdemos muito a bola no primeiro tempo também, erramos bastante”, avaliou o volante Geovane.

Contra o Bahia, no último sábado, foram titulares o meia Canteros e o lateral-direito Jonathan. Os atacantes Rogério, John Mercado e Elton e o lateral Everton Silva entraram na etapa final. Valentim explicou que os atletas que foram contratados recentemente precisam de tempo para chegar à condição ideal. “Nós temos que obedecer alguns processos. Alguns jogadores chegaram e não estavam ainda aptos fisicamente para iniciar a partida e estão ganhando minutos. Eu uso um termo “minutos nas pernas”, vai ganhando minutos aos poucos”, explicou o ex-treinador.

De acordo com a direção, o auxiliar Adriano Rodrigues comanda o time contra o Brusque, nesta terça, no Rei Pelé, e ao longo da semana o nome do novo treinador deve ser definido. Geovane também falou como a equipe deve se preparar para o próximo confronto, contra o Brusque. “Terça-feira já tem outro jogo, então não dá pra ficar lamentando, nós precisamos voltar a vencer o mais rápido possível e que seja na próxima terça-feira”.



Compartilhe