Interior

Prefeitura de Girau do Ponciano emite nota sobre show da banda Conde do Forró


Redação

26/06/2017 11h39

A polêmica em torno do cancelamento do show da banda alagoana Conde do Forró continua no município de Girau do Ponciano, no Agreste alagoano. O show aconteceria na noite da última sexta-feira (23), véspera de São João e, sem aviso prévio, foi cancelado pela Prefeitura Municipal.

O show da Conde do Forró faria parte da1ª Vila Forró Girau. Por meio de uma nota de esclarecimento e repúdio publicada numa rede social do município, a Prefeitura de Girau do Ponciano alega que o contrato com a banda não foi oficializado.

“O município iniciou as tratativas para a contratação da referida atração, entretanto isso não foi além da consulta de disponibilidade de data e solicitação de proposta de preços e documentos da empresa agenciadora”, explica a nota.

A Prefeitura alega ainda que a empresa representante da banda foi comunicada sobre a não contratação do Conde do Forró ainda nessa fase de negociação. No entanto, o nome da banda foi inserido em todo o material de divulgação da Vila Forró Girau.

Para a Prefeitura de Girau do Ponciano a Conde do Forró foi ao município por vontade própria e causou tumultuo, após ser impedido de entrar no local do evento por viaturas da Guarda Municipal. Na ocasião, houve bate-boca entre os músicos e os servidores públicos.

A versão oficial da Prefeitura é contestada pela banda que também usou as redes sociais para se posicionar a respeito. Em seu perfil oficial no Facebook, a Conde do Forró, hoje instalada em Fortaleza (CE), explica que o compromisso com o evento estava mantido e que o cancelamento só foi informado às 17 horas da sexta-feira (23), poucas horas antes do show.

A produção da banda alagoana questiona também o show do grupo Mauricinhos do Forró, do Rio Grande do Norte, na Vila Forró Girau que substituiu a Conde do Forró. Para os representantes da atração, a banda substituta não foi contratada de última hoje.

No meio da polêmica, a população que foi à Vila Forró na sexta-feira para assistir ao show da Conde do Forró continua indignada com cancelamento e com as explicações da prefeitura, que tem à frente Davi Barros. “Essa nota parece mais uma confissão de culpa. Sério que isso é a resposta oficial do município? Todas as justificativas apresentadas são contraditórias e ratificam a irresponsabilidade e desorganização da atual gestão. Não havia contrato, mas o nome da banda constava na programação, redes sociais do município e em todos os canais de divulgação da festa. Ficou desastrosa/vergonhosa a explicação de vocês!”, desabafou o servidor público Thyago Alexandre, no perfil da Prefeitura.



Compartilhe