Polícia

Homem que deu 12 facadas na ex-esposa diz que não teve intenção de matá-la


Fonte: Redação com Gazetaweb

20/09/2022 08h53

O suspeito de esfaquear a ex-companheira em Fernão Velho, bairro de Maceió, foi indiciado pela Polícia Civil por tentativa de feminicídio. Ela sobreviveu. Segundo a delegada do caso, Ana Luiza Nogueira afirmou que, em depoimento, o homem disse que não teve a intenção de matar a mulher, que recebeu 12 facadas. A vítima foi ouvida nesta segunda-feira (19).

De acordo com a autoridade policial, a vítima foi esfaqueada por 11 vezes nas costas e uma no abdômen. Ele se entregou à polícia e, após a Justiça expedir mandado de prisão, o investigado foi levado para o sistema prisional.

"Ele foi ouvido na semana passada, um dia depois de ter decretada a prisão preventiva, e ele confessa o fato, mas alega que a intenção não era matar, muito embora tenham sido desferidas 12 facadas em direção à vítima, sendo 11 nas costas e uma na região do abdômen. Apesar da alegação dele de não ter a intenção letal, fica muito evidente pela quantidade de facadas desferidas por ele que de fato houve uma intenção letal e por isso ele foi indiciado por tentativa de feminicídio", expõe a delegada.

Segundo Nogueira, a vítima foi ouvida nesta segunda-feira. Era o depoimento que faltava para a conclusão do inquérito. "A vítima também já foi ouvida hoje e deu informações relevantes para a conclusão desses procedimentos, e afirmando que o relacionamento que eles tiveram sempre foi conturbado, que ele também já havia agredido ela fisicamente em outras ocasiões, mas não com intensidade tão grave como foi nesse último relato", diz a autoridade policial, que complementa: "Ela achava que não chegaria a uma violência quase letal".

Ainda segundo Nogueira, a vitima afirmou em depoimento que sofreu perfuração no pulmão e que, além da violência física, ela passa também por traumas psicológicos.

O crime ocorreu no dia 11 de setembro. Segundo padrasto da mulher, ela teria sido esfaqueada na porta de casa por volta das 19h. Ainda segundo os familiares da vítima, o homem teria ido até o local de moto e, ao seu lado, estava a filha de cinco anos de idade. O crime teria sido praticado na frente da menina. Em seguida, ele teria foragido com a criança na garupa. As informações foram repassadas pelos familiares à TV Pajuçara.

O homem se apresentou à polícia e foi preso na quinta-feira (15), na 2ª Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Mulher, no bairro Tabuleiro dos Martins, na parte alta de Maceió.

Segundo a Polícia Civil, a vítima sofreu a tentativa porque o ex-companheiro, de 31 anos, não se conformava com o término de relacionamento. A informação foi relatada pela família da vítima em depoimento. A mulher teve alta no dia 13 de setembro



Compartilhe