Política

Renan Filho diz que Bolsonaro mostra desespero em visita à AL: "Acuado pela CPI e despencando em popularidade"



14/05/2021 07h07

Renan Filho

O governador de Alagoas, Renan Filho, comentou nas redes sociais sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro ao estado, ontem,  quinta-feira (13). Para Renan, Bolsonaro está desesperado devido à queda de sua popularidade e as investigações da CPI da Covid, que ocorre no Senado.

“Acuado pela investigação na CPI e despencando em popularidade, Jair Bolsonaro mostra desespero em visita à Alagoas, ataca pessoas e o Congresso Nacional”, postou Renan Filho, marcando o presidente.

O governador também afirmou que Bolsonaro não tem respeito às instituições e a democracia e mandou recado ao presidente: “responderemos esse tipo de violência, com gestão resolutiva”.

“Por aqui presidente, responderemos a esse tipo de violência, com gestão resolutiva, obras com recursos próprios, contas organizadas, priorizando salvar vidas na pandemia e colocando sempre o povo acima dos interesses políticos. Vale informar ao Brasil, Alagoas resistiu”, frisou Renan Filho.

Durante sua passagem por Alagoas, Bolsonaro disse que “o que vem acontecendo com a CPI é um crime” e que “existe alguém picareta ou vagabundo querendo atrapalhar o trabalho de quem quer produzir”, em uma clara referência ao relator da comissão, o senador Renan Calheiros, pai de Renan Filho. O presidente da República reproduziu, ainda que indiretamente, a fala do filho, o senador Flávio Bolsonaro durante sessão da CPI da Covid, na quarta-feira (12).

O presidente também destacou o atual comando da Caixa Econômica e afirmou que a instituição “agora está dando lucro”, segundo ele, diferente da gestão anterior; “não é como estava com aquele ladrão de nove dedos", referindo-se ao ex-presidente Lula.

 

Fonte: Cada Minuto



Compartilhe