Política

Braskem foge de debate na Câmara e vereador propõe comissão de inquérito



19/10/2021 14h12

A Câmara Municipal de Maceió resolveu se mobilizar para apoiar as vítimas do maior crime ambiental da história de Alagoas, provocado pela Braskem.

Uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) será proposta na próxima terça-feira, 19, para investigar as ações da mineradora na tragédia que atingiu mais de 60 mil pessoas em Maceió.

A CEI está sendo proposta pelo vereador Valmir Gomes (PT), o Dr. Valmir. Ele propôs e a Câmara realizou nesta sexta-feira, 15, uma audiência pública, na Comissão de Afundamento dos Bairros, recém constituída.

A audiência teve a participação de moradores dos bairros atingidos e todos esperavam que representantes da Braskem também participassem do debate. No entanto, a empresa não compareceu, nem enviou ao Legislativo Municipal nenhuma justificativa. “Simplesmente fugiu do debate respeitoso com a população e esta casa”, disse o vereador.

“O desrespeito e o descaso da Braskem para com as vítimas desse crime, bem como para com a Câmara não podem ficar impunes. Portanto, estamos propondo a criação da Comissão Especial de Inquérito para que o Legislativo possa agir na defesa dos direitos dos cidadãos e cidadãs, pais e mães de famílias, vítimas da prepotência dessa empresa”, disse o vereador.

Valmir Gomes declarou ainda que já começou a colher assinaturas para aprovar a CEI e instalar a comissão de imediato, para os fatos e fazer justiça às vítimas do crime ambiental da Braskem.

 

Fonte: Marcelo Firmino 



Compartilhe