Política

TRE-AL: combate aos crimes eleitorais se intensifica nesta reta final da eleição


Fonte: Redação com Assessoria

21/09/2022 12h11

As denúncias de crimes e ilícitos eleitorais aumentam nos últimos dias que antecedem o pleito eleitoral em todo o Estado. Para intensificar o combate à propaganda irregular, à compra de votos e à distribuição indevida de bens ou serviços, o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) estreitou o contato com superintendência da Polícia Federal (PF) em Alagoas, com o Ministério Público Eleitoral e com demais forças de segurança.

De acordo com o presidente do TRE de Alagoas, desembargador Otávio Leão Praxedes, além das ações de fiscalização nas ruas, equipes de inteligência atuam na investigação das denúncias de crimes eleitorais em todo o Estado.

“Nossa intenção é não deixar impune nenhum tipo de prática criminosa nesse período eleitoral, seja nas ruas ou virtualmente. A Justiça Eleitoral está em contato direto com as forças de segurança para viabilizar ações de fiscalização e investigação mais presentes, coibindo práticas danosas que tendem a se intensificar nos dias que antecedem o pleito”, explicou o desembargador Otávio Praxedes.

No início do mês, o Regional alagoano instituiu a Câmara Técnica de Inteligência (CTI), que é composta por representantes de todas as forças policiais e tem como objetivo integrar os órgãos de inteligência para atuar na prevenção aos ilícitos eleitorais.



Compartilhe