Saúde

Após um ano e meio desaparecida, paciente do HGE reencontra familiares



21/07/2021 19h55

Um encontro emocionante aconteceu nos corredores do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, nessa terça-feira (20). Afastada da família há um ano e seis meses, Rosa dos Santos estava internada com infecção do trato urinário e gastroenterocolite aguda, e foi encontrada pela irmã, Cristina dos Santos.

Cristina contou que, ambas moravam na zona rural de Campo Alegre, no interior de Alagoas, quando a irmã saiu para buscar água e nunca mais voltou para casa. “Estamos muito felizes e aguardando a recuperação total dela”, ressaltou.

O Serviço Social da unidade hospitalar localizou familiares através do nome da mãe, conforme contou a assistente social Agda Alves Soares. “A paciente, psiquiátrica, entrou no HGE como Gabriela da Silva, e nos dizia, a cada hora, um nome diferente. Entre esses nomes ela citou o ‘Rosa’ e falou do município de Campo Alegre como sendo a residência da mãe”, descreveu.

Segundo Agda, a partir daí, ela entrou em contato com o município, através da Rede Sócio Assistencial, e enviou uma foto da paciente através de um app de mensagens. Imediatamente a reconheceram pela foto e passaram o contato da mãe, que a procurava e já havia se mudado para São Luís do Quitunde.

“Foi gratificante auxiliar o reencontro delas. Casos como esse aparecem aqui no HGE frequentemente. Recebemos pacientes até de outros estados, que desapareceram e se afastaram de seus familiares. E como é bom poder vê-los se reencontrar novamente”, celebrou a assistente social do HGE.

Números – A paciente, que agora está no Hospital Sanatório, conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS), faz parte de uma das 31 transferências realizadas pelo hospital durante a terça-feira (20). Foram garantidas, ainda, 235 altas, 55 internações e 25 cirurgias. O HGE atendeu a 429 pessoas, sendo 349 casos clínicos, 76 acidentes, duas agressões e duas tentativas contra a própria vida.

A unidade hospitalar encontra-se com 90% dos leitos ocupados na UTI Covid-19, 100% dos leitos Intermediários e 8% dos Clínicos, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Na Central de Triagem para Covid-19, dos 93 acolhidos, 13 se submeteram ao teste rápido e dois confirmaram a doença pandêmica.

Fonte: Ascom Sesau



Compartilhe